Estereótipo de que 'matemática é para garotos' afasta meninas da tecnologia, diz pesquisador - PORVIR

Saiu na Mídia

Estereótipo de que ‘matemática é para garotos’ afasta meninas da tecnologia, diz pesquisador

por Redação ilustração relógio 15 de setembro de 2015

Segundo Andrew Meltzoff, psicólogo americano especialista em desenvolvimento infantil e co-diretor do Instituto de Aprendizado e Ciências do Cérebro da Universidade de Washington, o estereótipo de que homens são melhores em matemática e ciências do que as mulheres é absorvido pelas meninas mais cedo do que se imaginava.

Segundo ele, as crianças só começam a aprender as operações de multiplicação e divisão no terceiro ano do ensino fundamental. Entretanto, antes disso as meninas já “entendem” que matemática é para meninos. Isso contribui para a baixa inserção de mulheres em cursos universitários ligados às áreas de ciências naturais, por exemplo.

O pesquisador defende que formar estereótipos é uma tendência natural do ser humano. Entretanto, isso pode ser perigoso quando começa-se a fazer previsões sobre as pessoas. Uma medida a ser tomada com relação a essa situação é conversar com as crianças desde cedo, de forma a desencorajar a ocorrência desse pensamento.


Leia a matéria original em G1

TAGS

ciências, ensino fundamental, gênero

Deixe um comentário

avatar
500
  Acompanhar a discussão  
Tipo de notificação