Evento no Texas vai reunir inovações em educação - PORVIR
crédito Dziurek / Fotolia.com

Inovações em Educação

Evento no Texas vai reunir inovações em educação

SXSWEdu vai contar com a presença de Bill Gates e Andrew NG, fundador do Coursera, para discutir o ensino pelo mundo

por Mariana Fonseca e Vinícius Bopprê ilustração relógio 4 de fevereiro de 2013

A Campus Party terminou, mas um outro grupo de nerds, lá nos Estados Unidos, já começa a preparar as malas. O famoso evento de tendências SXSW (South by Southwest Conference), que há anos reúne pessoas envolvidas com música, cinema e interatividade, vai ganhar sua terceira edição voltada para a educação. Dos dias 4 a 7 de março, no Texas, o SXSWEdu vai contar com a presença de nomes como Bill Gates, fundador da Microsoft, Andrew Ng (co-fundador do Coursera) e o presidente do EdX, Anant Agarwal. “Quando começamos a pensar sobre a educação, parecia que ela estava, finalmente, entrando num período de reinvenção e modernização significativa. A marca SXSW é tudo sobre criatividade e inovação, portanto, sentimos que poderíamos ajudar a desenvolver as conversas importantes que precisam ocorrer nesse campo”, diz o responsável pelo evento, Ron Reed.

De acordo com Ron, a expectativa desse ano é que mais de 4.000 pessoas estejam presentes no evento, participando das palestras, workshops e assistindo aos filmes. “Em geral, SXSWedu celebra inovações na aprendizagem. A tecnologia é um aspecto importante nisso, mas também estamos olhando para as experiências impactantes, estratégias e ferramentas que ajudam a impulsionar a transformação da aprendizagem”, afirma Reed.

Para discutir os temas educacionais mais quentes do momento, estarão: Crystal Hutter, fundador da Edmodo, para falar sobre a mudança que os conteúdos digitais vão trazer para as salas de aula; Michael Horn, diretor-executivo da Innosight Institute, para levantar a questão sobre o perigo de a educação se tornar uma mercadoria, em detrimento do processo criativo e o co-fundador da Good, Casey Caplowe, vai abordar os benefícios do aprendizado por meio da prática. Além desses convidados, outros nomes de peso como o famoso designer gráfico John Maeda e a fundadora do EdSurge, Betsy Corcoran, vão debater blended learning (ensino híbrido), aprendizagem baseada em games, MOOCs, engajamento cívico e ensino por meio de aplicativos móveis e outros temas que vão permear o evento.

Grandes e novas ideias

Jon Reed deixou claro que um dos compromissos do evento é ajudar os educadores a aprender novas estratégias que podem fazer a diferença na sala de aula. Para isso, o SWSEdu vai promover uma competição entre startups de educação. O LAUNCHEdu vai permitir que os novos empreendedores apresentem seus produtos para um júri de empresários de sucesso e outros profissionais da educação. “Nossa definição de uma startup promissora inclui vários fatores: uma boa equipe de gestão, capacidade de transmitir um modelo de negócio viável e usuários ativos que tenham um compromisso de métricas de adoção”, afirma Reed sem deixar de completar: “De um modo mais amplo, nós celebramos originalidade, criatividade e paixão na resolução de problemas do mundo real que os educadores enfrentam”.

E a quantidade de ideias parece grande, já que 30 startups foram selecionadas como finalistas do evento. Estão entre elas:

KinderTown – loja de aplicativos educacionais e guia de ensino para ajudar os pais ocupados, oferecendo aprendizagem por meio de jogos. Disponível para download gratuito na APP Stores, o KinderTown recomenda os melhores aplicativos educacionais para crianças de pré-escola e de ensino fundamental.

NoRedInk – plataforma que ajuda os alunos a melhorar sua gramática, habilidades de escrita por meio da aprendizagem adaptativa e personalizada. A plataforma gera um feedback instantâneo que aponta os interesses e o progresso de cada estudante.

TeachingChannel ­– um canal de ensino que funciona como uma comunidade para educadores que desejam se aperfeiçoar. Com mais de 250 mil usuários ativos, o projeto inclui vídeos de alta qualidade, bibliotecas e ferramentas que podem auxiliar na elaboração de suas aulas.

Seja lá qual for o vencedor, Reed se diz satisfeito com o impacto que o evento tem causado. Para ele, o que tem sido mais emocionante é observar que, mesmo num momento de contenção orçamental, todos os participantes estão motivados e pretendem gerar grandes mudanças. “Eles realmente acreditam que podem aprender com seus pares, além de ter novas ideias que irão melhorar o seu mundo do ensino e da aprendizagem.”


TAGS

empreendedorismo, ensino híbrido, mooc, negócios de impacto social, sxswedu

2
Deixe um comentário

avatar
500
0 Comentários ao conteúdo
0 Respostas a comentários
0 Seguidores
 
Comentário com mais reações
Comentário em alta
0 Autores
Quem acabou de comentar
  Acompanhar a discussão  
Mais recentes Mais antigos Mais votados
Tipo de notificação