Guia orienta a implementação de Estratégias de Aprendizagem Remota - PORVIR
Crédito: Jovanmandic/iStockPhoto

Inovações em Educação

Guia orienta a implementação de Estratégias de Aprendizagem Remota

Saiba como estruturar escolas e redes para esse período de isolamento social e também para a fase pós-pandemia

Parceria com CIEB

por Redação ilustração relógio 18 de junho de 2020

A pesquisa TIC Educação 2019 aponta que 39% dos alunos de escolas públicas não têm acesso a computadores ou tablets em casa. Os dados são do CGI.br (Comitê Gestor da Internet no Brasil) e explicam os desafios enfrentados pelas secretarias de educação para dar continuidade às aulas neste período de suspensão de aulas presenciais – e que serão mantidos após a pandemia.

O CIEB (Centro de Inovação para a Educação Brasileira), que apoia gestores públicos das mais diferentes formas, coloca à disposição o Guia de Implementação de Estratégias de Aprendizagem Remota. Trata-se de um passo a passo detalhado sobre como colocar em prática sete possibilidades de ensino e a aprendizagem remotos.

Crédito: Reprodução

“São estratégias de aprendizagem fundamentais tanto para esse período de isolamento social como para a fase pós-pandemia. Quando as escolas reabrirem, será preciso fazer uma recuperação dos conteúdos e das competências que não puderam ser trabalhados, e a adoção do ensino híbrido será uma das formas de alcançar esse objetivo”, diz Lúcia Dellagnelo, diretora-presidente do CIEB.

No material disponibilizado gratuitamente pela internet, as Estratégias de Aprendizagem Remota foram agrupadas em quatro grandes grupos para facilitar a compreensão:

  1. Rádio e TV:

Transmissão de aulas e conteúdos educacionais via televisão
Transmissão de aulas e conteúdos educacionais via rádio

  1. Materiais impressos:

Envio de material impresso com conteúdos educacionais

  1. Videoaulas pelas redes sociais:

Aulas ao vivo e on-line transmitidas por redes sociais
Videoaulas gravadas e disponibilizadas em redes sociais

  1. Conteúdos em plataformas digitais: 

Disponibilização de plataformas de ensino on-line
Envio de conteúdos digitais em ferramentas on-line

Para cada categoria, o guia traz orientações minuciosas sobre todas as etapas de implantação, começando pelos aspectos práticos de checagem da infraestrutura e de organização de equipes, até chegar aos pontos mais críticos, como o desafio de formar professores, acompanhar a aprendizagem dos alunos e testar a eficácia do plano em si.

Acesse o Guia de Implementação de Estratégias de Aprendizagem Remota.

Leia mais:
Aula remota exige maior organização de estudantes e esbarra na falta de internet
Desigualdade demanda esforço do professor para atender a todos a distância
Pandemia de coronavírus deve piorar desigualdade racial no ensino médio

Quer saber mais sobre tecnologia na educação?
Clique e acesse

CIEB

TAGS

coronavírus, educação infantil, educação online, ensino fundamental, ensino médio, tecnologia

Deixe um comentário

avatar
500
  Acompanhar a discussão  
Tipo de notificação