Inscrições abertas para formação integral de jovens - PORVIR
donbennino / Fotolia.com

Inovações em Educação

Inscrições abertas para formação integral de jovens

Programa Jovens Urbanos abre 480 vagas para moradores da Brasilândia, Capão Redondo e distritos vizinhos

por Redação ilustração relógio 31 de março de 2014

Jovens moradores da Brasilândia, Capão Redondo e distritos vizinhos podem se inscrever para a 9ª edição do Programa Jovens Urbanos, promovido pela Fundação Itaú Social, com a coordenação técnica do Cenpec (Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária). Por meio de parcerias com escolas, ONGs e instituições sociais, a ação tem o objetivo de desenvolver competências e habilidades para ampliar o repertório sociocultural dos participantes.

Entre as atividades oferecidas no programa acontecem oficinas fotografia, grafite, música, dança, mercado de trabalho, mobilidade urbana, empreendedorismo e mundo digital. Os encontros são semanais e possuem uma duração total de nove meses. Conduzidos por um educador, os jovens experimentam diversas linguagens e temas com objetivo de vivenciar experiências culturais, econômicas e comunitárias.

Para aumentar a expressão e interação desses jovens com local onde vivem, o  programa também procura realizar vistas exploratórias pela cidade. Essas visitas fazem com que os jovens se apropriem de espaços e equipamentos disponíveis nos seus territórios. Ao longo desse processo, eles devem se organizar em grupos para formular projetos que podem promover melhorias dentro de suas comunidades.

O programa jovens urbanos existe desde 2004 e já contemplou cerca de 10 mil jovens de distritos como Cidade Ademar, Jardim Ângela, Jardim Helena, São Miguel Paulista, Lajeado e Grajaú, todos na periferia de São Paulo. Para o desenvolvimento de suas ações pedagógicas, ele conta com o apoio de alguns parceiros como  Canal Futura, Centro Cultural da Juventude, Centro Paula Souza, Centro Universitário Maria Antônia e Fábrica de Cultura do Capão Redondo.

Para esta edição, serão disponibilizadas 480 vagas. As inscrições são gratuitas e devem ser realizadas diretamente nas instituições participantes do programa. Para participar, os jovens devem morar próximos a essas organizações e possuir entre 15 e 20 anos. Mais informações sobre o programa e a lista de instituições participantes podem ser acessadas no site. As vagas serão preenchidas por ordem de inscrição.


TAGS

aprendizagem colaborativa, uso do território

Deixe um comentário

avatar
500
  Acompanhar a discussão  
Tipo de notificação
X