Prêmio Educador Nota 10 tem inscrições abertas - PORVIR
Crédito: Cherries / Fotolia.com

Inovações em Educação

Prêmio Educador Nota 10 tem inscrições abertas

Prêmio reconhece práticas educacionais de sucesso e valoriza o trabalho de docentes de todo Brasil; inscrições vão até 2 de agosto

por Redação ilustração relógio 7 de julho de 2015

Muitos professores desenvolvem trabalhos de qualidade com seus alunos, mas não conseguem meios de divulgação ou de reconhecimento. O Prêmio Educador Nota 10, que é uma forma de valorizar o trabalho do docente e divulgar práticas educativas de sucesso desenvolvidas pelo país, está com inscrições abertas.

Como uma iniciativa da Fundação Victor Civita, a premiação foi criada em 1998 e destina-se a professores de Educação infantil e do 1º ao 9º ano do Ensino fundamental, nas áreas de alfabetização, língua portuguesa, educação física, história, arte, língua estrangeira, ciências, matemática e geografia. Diretores, coordenadores pedagógicos e orientadores educacionais também podem participar da seleção, que inclui Educação de Jovens e Adultos (EJA).

Para participar, o interessado deve desenvolver um projeto ou sequência de atividades com seus alunos. Posteriormente, deverá escrever um relato contendo, entre outros itens, a justificativa, objetivos, metodologia e avaliação do que foi realizado. Depois de fazer a inscrição, os trabalhos passam por avaliações da coordenação pedagógica da Fundação. Vale ressaltar que a própria organização do prêmio descarta a necessidade de projetos mirabolantes. Basta uma iniciativa simples, que tenha ajudado no aprendizado dos alunos.

Premiação

Entre todos os inscritos, serão selecionados 50 trabalhos finalistas, dez vencedores e um educador do ano. Os prêmios incluem assinatura da revista Nova Escola Digital, vale-presente de R$ 15 mil e divulgação do trabalho vencedor em uma edição da revista Nova Escola Digital e/ou Gestão Escolar Digital (para os dez vencedores). O educador do ano será contemplado com os prêmios acima, um vale-presente de R$ 5 mil para a escola onde o trabalho foi desenvolvido e mais um vale-presente de R$ 5 mil para uso próprio. A premiação acontecerá no dia 30 de novembro em São Paulo.

Através do link, os candidatos podem conhecer algumas recomendações dos selecionadores. Os interessados devem realizar a inscrição pelo site até o dia 02 de agosto.

Como foi em 2014

Cerca de 3500 inscrições foram realizadas para a edição do Prêmio em 2014, um aumento de 44% com relação ao ano anterior. A região sudeste continuou como a que mais tem inscritos, seguida de Sul e Nordeste. A professora Paula Aparecida Sestari foi eleita como educadora do ano, pelo desenvolvimento de uma pesquisa no manguezal vizinho à escola CEI Odorico Fortunato, em Joinville, Santa Catarina. O trabalho ajudou os alunos de cinco anos a ter uma nova percepção do ambiente perto da escola.


TAGS

educação de jovens e adultos, educação infantil, ensino fundamental, prêmios

2
Deixe um comentário

avatar
500
2 Comentários ao conteúdo
0 Respostas a comentários
0 Seguidores
 
Comentário com mais reações
Comentário em alta
2 Autores
Nívea Maria Bernardino NunesNívea Maria Bernardino Nunes Quem acabou de comentar
  Acompanhar a discussão  
Mais recentes Mais antigos Mais votados
Tipo de notificação
Nívea Maria Bernardino Nunes
Visitante
Nívea Maria Bernardino Nunes

Quero saber se educadores de escolas particulares podem se escrever?

Nívea Maria Bernardino Nunes
Visitante
Nívea Maria Bernardino Nunes

Quero saber se educadores de escolas particulares podem se escrever?