Mais 12 universidades passam a integrar o Coursera - PORVIR

Inovações em Educação

Mais 12 universidades passam a integrar o Coursera

A plataforma oferece atualmente 43 cursos e conta com mais de 1,5 milhão de matrículas, 680 mil estudantes de 190 países

por Patrícia Gomes ilustração relógio 17 de julho de 2012

O Coursera, ambiente on-line que oferece cursos gratuitos de algumas das mais renomadas universidades do mundo, anunciou hoje que mais 12 instituições passarão a oferecer aulas pela plataforma. Agora, além de Stanford, Princeton, Michigan e Pennsylvania, integram o Coursera as norte-americanas Caltech, Georgia Tech, Duke, Johns Hopkins, Rice, California (São Francisco), Illinois (Urbana-Champaign), Virginia e Washington; a Universidade de Toronto, no Canadá; a de Edimburgo, no Reino Unido, e a Escola Politécnica Federal de Lausanne, na Suíça.

As novas universidades vão oferecer cursos a partir de setembro. Entre as opções estão as disciplinas de redes neurais para aprendizado de máquina, que a Universidade de Toronto disponibilizará em 17 de setembro e bioletricidade: uma abordagem quantitativa, que Duke oferece a partir de 24 de setembro. “Nós estamos muito contentes com essa parceria”, disse Peter Lange, pró-reitor da Duke. “O Coursera tem potencial para influenciar substancialmente como nós ensinamos nossos próprios alunos no campus e também como levamos a força da nossa instituição a uma escala global”, afirmou.

crédito electrceye / Fotolia.com

Mohamed Noor, biólogo da Duke que vai dar um curso de nove semanas sobre introdução à genética e evolução pelo Coursera – em data ainda indefinida –, acredita que a experiência pode ajudá-lo a melhorar suas aulas presenciais. A intenção do professor é oferecer sua disciplina no formato tradicional ao mesmo tempo em que disponibiliza a do Coursera. Assim, ele espera que também seus alunos do curso presencial possam se beneficiar da plataforma, já que eles podem assistir à parte conceitual em casa e aproveitar o tempo no campus para atividades mais interativas. “Essa é uma oportunidade de mudar a sala de aula e motivar os alunos”, afirma.

Os alunos têm um acesso maior do que nunca aos maiores especialistas do mundo de determinadas áreas. Os professores chegam a mais alunos em um único curso do que eles poderiam ter na vida inteira

Desde que foi fundado, o Coursera ofereceu 43 cursos, registrou mais de 1,5 milhão de matrículas e chegou a 680 mil estudantes de 190 países. Entre os cursos em andamento e os que estão previstos, há 111 opções nas mais diversas áreas do conhecimento, dentre elas artes, ciência computacional, saúde, matemática, história e literatura. Qualquer interessado pode se inscrever, mas o material é todo em inglês. Entre os recursos pedagógicos disponíveis há vídeos, fóruns, textos, quizzes e acesso a uma comunidade de pessoas interessadas no mesmo assunto. Alguns cursos têm centenas de milhares de inscritos.

“Os alunos têm um acesso maior do que nunca aos maiores especialistas do mundo de determinadas áreas. Os professores chegam a mais alunos em um único curso do que eles poderiam ter na vida inteira. As universidades podem ensinar a milhões de pessoas em todo o mundo. Esse é verdadeiramente o futuro do ensino superior”, diz Andrew Ng, cofundador do Coursera.


TAGS

coursera, educação online, mooc, tecnologia

4
Deixe um comentário

avatar
500
3 Comentários ao conteúdo
1 Respostas a comentários
0 Seguidores
 
Comentário com mais reações
Comentário em alta
3 Autores
Mônica Figueiredo BrandãoDenise cristina bahiense do nascimento araujo.Mônica Figueiredo Brandão Quem acabou de comentar
  Acompanhar a discussão  
Mais recentes Mais antigos Mais votados
Tipo de notificação
Mônica Figueiredo Brandão
Visitante
Mônica Figueiredo Brandão

Acho uma excelente iniciativa, só não sei como me inscrever. Vocês poderiam me orientar, por favor?

Mônica Figueiredo Brandão
Visitante
Mônica Figueiredo Brandão

Acho uma excelente iniciativa, só não sei como me inscrever. Vocês poderiam me orientar, por favor?

Denise cristina bahiense do nascimento araujo.
Visitante
Denise cristina bahiense do nascimento araujo.

Gostaria de saber se tem possibilidade dos cursos virem escritos em portugues?

Denise cristina bahiense do nascimento araujo.
Visitante
Denise cristina bahiense do nascimento araujo.

seria interessante se houvesse oportunidade dos estudos virem nn nacionalidade de cada aluno. cada qual responde pela sua nacionalidade!