MEC reconhece instituições educacionais inovadoras e criativas pelo país - PORVIR
Projeto Âncora (SP) - Foto: Patricia Dranoff

Inovações em Educação

MEC reconhece instituições educacionais inovadoras e criativas pelo país

178 instituições educacionais brasileiras foram reunidas em um Mapa da Inovação e Criatividade na Educação Básica

por Redação na Rua ilustração relógio 4 de janeiro de 2016

Ana Luiza Basílio, do Centro de Referências em Educação Integral

O Ministério da Educação (MEC) reconheceu 178 instituições educacionais brasileiras, entre organizações não governamentais, escolas públicas e particulares, como exemplo de inovação e criatividade na educação básica. As informações estão condensadas no Mapa da Inovação e Criatividade na Educação Básica, lançado no dia 22 de dezembro, como resultado de um chamamento público realizado pelo ministério em setembro.

Na ocasião, o MEC abriu um edital no intuito de conhecer e identificar iniciativas inovadoras para saber em que medida elas poderiam apontar caminhos na melhoria da qualidade da educação brasileira. A avaliação das instituições, feita por grupos de trabalho regionais, levou em conta cinco dimensões, avaliadas de acordo com os critérios de inovação definidos: gestão, currículo, ambiente, método e articulação com outros agentes.

Representatividade
Dos nomes considerados, 138 instituições já trilham um longo caminho na prática da inovação e 40 estão caminhando nesse sentido, com vistas a garantir qualidade à educação oferecida. A ideia é que o Ministério faça um acompanhamento do desenvolvimento dessas instituições.

Captura de Tela 2016-01-04 às 17.38.55

Segundo dados do MEC, as instituições reconhecidas representam as cinco regiões do país. A maior parte delas são escolas (74%), entre as quais 52,5% são públicas e 47,5% particulares; os atendimentos compreendem a educação infantil, ensino fundamental, ensino médio e educação de jovens e adultos (EJA).

Em entrevista concedida a Fundação Santillana Brasil, Helena Singer, assessora especial do MEC, afirmou que o objetivo é fortalecer essas iniciativas a partir da articulação entre elas mesmas e com os agentes mais próximos, como universidades, secretarias de educação e de outras áreas, além de organizações não escolares.

O Centro de Referências já retratou em suas matérias algumas das escolas reconhecidas como inovadoras. Confira:

Projeto Âncora (SP)
Cieja Campo Limpo (SP)
Emei Chácara Sonho Azul (SP)
Emei Gabriel Prestes (SP)
Emef Amorim Lima (SP)
Emef Campos Salles (SP)
Teia Multicultural (SP)
Escola Comunitária Cirandas (RJ)
Escola Municipal Professor Paulo Freire (MG)

Leia também as matérias que já foram publicadas no Porvir:

– Cieja Campo Limpo (SP)
– Colégio Viver (SP)
Emef Amorim Lima (SP)
Emei Guia Lopes (SP)
– Emef Presidente Campos Salles (SP)
– Escola Sesc de Ensino Médio (RJ)
Projeto Âncora (SP)

*Fazem parte do Redação na Rua os sites Catraca LivreCentro de Referências em Educação IntegralGuia de EmpregosPortal AprendizPorvir e VilaMundo.


TAGS

competências para o século 21, educação integral

Deixe um comentário

avatar
500
  Acompanhar a discussão  
Tipo de notificação