Como conectar sua classe com o mundo usando Skype - PORVIR
Crédito: Dmitry Naumov / Fotolia.com

Como Inovar

Como conectar sua classe com o mundo usando Skype

Ferramenta de conversa online quebra formas tradicionais de ensino e conecta salas de aula ao redor do mundo

por Maria Victória Oliveira ilustração relógio 18 de junho de 2015

Muitas pessoas conhecem o Skype somente como ferramenta para conversar pela internet e fazer ligações. O que poucos sabem é que ele permite mudar a metodologia de ensino. “Skype na Sala de Aula” é uma comunidade online criada pela Microsoft, com objetivo de mudar aulas como geografia e história, conectando salas de aula ao redor do mundo.

Existem diversas maneiras dessa interação acontecer. Uma delas é através do Mistery Skype, um jogo criado por professores, no qual uma sala deve adivinhar, através de 20 perguntas, onde a outra está localizada. É uma estratégia válida tanto para a prática de outros idiomas, quanto para testar conhecimentos de geografia, história e aprender um pouco mais sobre a cultura de determinado local. Scott Bedley, professor da 5ª série da Plaza Vista School, na Califórnia, afirma que “ver o processo de pensamento crítico é mais gratificante do que qualquer prova que se pode aplicar”.

Já as viagens a campos virtuais permitem ao estudante ver e visitar, mesmo que através de imagens, os conteúdos que estão estudando em sala. Os alunos podem conhecer pinguins sul-africanos em uma viagem à África ou até fazer uma viagem submarina. Em 2014, o Skype na sala de aula organizou uma série de um mês de duração, com oceanógrafos mostrando os animais. A Egglescliffe Primary School, na Inglaterra, foi uma das escolas que entrou em contato com esses especialistas através do Skype. Os estudantes falaram com a Rifqah Taliep, que cuida de aves marinhas na SANCCOB (The Southern African Foundation for the Conservation of Coastal Birds). Através da ligação, eles puderam conhecer um pouco mais sobre os hábitos dos pinguins sul-africanos, além de entender por que esses animais estão ameaçados.

Existe também a possibilidade de convidar um especialista para debater qualquer tipo de assunto e disciplina com os alunos. Assim, crianças conseguem entrar em contato com alguém que viva do assunto que estão aprendendo em sala. Além disso, o palestrante pode direcionar o olhar da classe, através de depoimentos sobre suas vivências pessoais, a pontos interessantes, que muitas vezes não são alcançados pelo professor.

O aplicativo também permite que salas de aula se conectem para trabalhar juntas em projetos. Além de enriquecer os trabalhos, possibilita a troca de informações entre os alunos, melhora a comunicação e promove a troca de experiências culturais entre eles. O Traffic Safety Project, por exemplo, envolveu estudantes de Israel, Sérvia e Vietnã.

Como participar

Para se juntar à comunidade, é necessário fazer um cadastro no site de educação do Skype. No endereço, o professor consegue achar colegas de outras de outras cidades ou países que possam ajudá-lo e ainda combinar uma aula conjunta.


TAGS

aplicativos, aprendizagem colaborativa, tecnologia, uso do território

1
Deixe um comentário

avatar
500
0 Comentários ao conteúdo
0 Respostas a comentários
0 Seguidores
 
Comentário com mais reações
Comentário em alta
0 Autores
Quem acabou de comentar
  Acompanhar a discussão  
Mais recentes Mais antigos Mais votados
Tipo de notificação
X