Movimento #SELDAY celebra a importância da educação socioemocional - PORVIR
Crédito: vejaa/iStockPhoto

Inovações em Educação

Movimento #SELDAY celebra a importância da educação socioemocional

Baixe compilado de conteúdos com foco nas escolas e entenda por que esta abordagem traz benefícios para professores, estudantes e famílias

Parceria com LIV

por Redação ilustração relógio 26 de março de 2021

A pandemia colocou em evidência a educação socioemocional. A consciência de que compreender e gerenciar emoções é importante para aprendizagem e que uma visão que vai além do conteúdo tradicional de matemática e linguagens precisa fazer parte do dia a dia das escolas tem ganhado cada vez mais força. É por isso que diferentes organizações ao redor do mundo celebram neste 26 de março o Dia da Educação Socioemocional, #SELDAY (pela sigla em inglês).

“O movimento online busca promover, defender e apoiar o aprendizado socioemocional, tendo a grande oportunidade de envolver milhões de pessoas internacionalmente, com a força das redes sociais.” Comenta Fabiana Decnop, gerente de marketing do LIV, que preparou um kit ( ⬇️ clique para baixar) com informações em diferentes formatos, como infográficos, vídeos, podcasts e textos para sua escola tirar do papel iniciativas para o desenvolvimento socioemocional.

Para entender como é ensinar e aprender no contexto da pandemia, aqui no Porvir você também encontra uma série de materiais que discutem o direito à educação socioemocional, como ouvir crianças, ajudar jovens e respeitar sua individualidade. Quando decidir por uma abordagem pedagógica, já trouxemos as estratégias certas (rodas de conversa, ações de gratidão e elogio) e recomendações de como superar dilemas para avaliar essas competências.

Benefícios comprovados
O movimento pela educação socioemocional encontra respaldo em pesquisas científicas. Um estudo realizado em 2017 nos Estados Unidos que analisou 82 programas e teve a participação de mais de 97 mil estudantes de educação infantil até o ensino fundamental 2 mostrou que o desenvolvimento socioemocional traz benefícios que vão além da vida escolar. Ao lado de um melhor desempenho acadêmico, foram destaque as atitudes e o comportamento social positivos, em contraposição a menores dificuldades emocionais e uso de drogas. E isso independentemente de questões socioeconômicas, raciais e localização da escola.

Outra pesquisa, de 2009, identificou que professores com competências socioemocionais bem desenvolvidas conseguem evitar o “burnout” (esgotamento físico e mental intenso) ao cultivarem boas relações com seus alunos, regularem melhor o clima de sala de aula, e mostrarem-se como exemplo para seus alunos ao gerenciar de forma mais tranquila suas próprias emoções.

Por que precisa fazer parte da escola
E no dia a dia, por que sua escola precisa iniciar uma abordagem socioemocional? Veja três motivos destacados por especialistas do LIV.

1) Conexão com alunos e famílias
Em escolas que investem nessa abordagem, é comum encontrar relatos de maior aproximação dos membros da comunidade e mais diálogo entre professores, gestores, pais, mães e demais responsáveis. A sensação de pertencimento se dá não por causa de atividades pontuais, como festas ou eventos, mas sim pela construção de um pilar socioemocional permanente e alinhado ao propósito pedagógico.

2) Diálogo com os novos currículos
Tanto as 10 competências gerais da BNCC (Base Nacional Comum Curricular) quanto o currículo do Novo Ensino Médio reforçam a necessidade de promover o desenvolvimento integral dos estudantes, o que demanda uma abordagem mais ampla.

3) Resolução de conflitos
Questões como bullying, conflitos e agressividade são fatores de preocupação tanto das escolas quanto das famílias. Com um trabalho socioemocional consistente e constante, em vez de refutar o assunto, os estudantes podem abordá-lo a partir de diferentes ângulos.

⬇️ Baixe o kit com orientações para sua escola preparado pelo LIV
>> O que tem no kit: E-book: Aprofundando o Novo Ensino Médio, E-book: Escola que Sente, Mia Couto: “O medo de errar”, Conexão LIV: educadores falam sobre o programa socioemocional que transformou suas escolas, Infográfico: 3 hábitos para promover a proatividade e Educação socioemocional: o que significa acolher os sentimentos?

Quer saber mais sobre socioemocionais?
Clique e acesse

LIV

TAGS

competências para o século 21, socioemocionais

Deixe um comentário

avatar
500
  Acompanhar a discussão  
Tipo de notificação
X