Podcast cria trilhas pedagógicas sobre educação midiática e cidadania digital - PORVIR
Crédito: Reprodução / Curti, e daí?

Inovações em Educação

Podcast cria trilhas pedagógicas sobre educação midiática e cidadania digital

O segundo ano do podcast "Curti, e daí?" traz a novidade das trilhas pedagógicas que aprofundam discussões do programa, como bullying, representatividade, discursos de ódio e mais. O material é voltado para turmas dos anos finais do ensino fundamental e médio

por Ruam Oliveira ilustração relógio 9 de maio de 2024

É sempre importante ouvir os estudantes, em especial nos assuntos ligados ao seu dia a dia. As juventudes vivem atualmente uma série de desafios não encontrados em outros períodos da história humana, entre eles o uso e contato constante com as redes sociais. 

📳 Inscreva-se no canal do Porvir no WhatsApp para receber nossas novidades

Ao convidar jovens de escolas públicas e privadas, o videocast “Curti, e daí?“, que está em sua segunda temporada, colocou alunos  em frente aos microfones para saber deles como anda a relação com as redes. O material é produzido pelo Instituto Vero e apresentado pelas jornalistas Januária Cristina Alves e Laura Mattos.

Focado em educação midiática – área importante para quem lida com educação no século 21 –, o programa também traz a voz de influencers que atuam cotidianamente com conteúdo na internet. O professor Noslen, que produz vídeos ensinando português no YouTube, Tom Filho, apresentador do Art Attack, no canal Disney+ e Gabriela Araújo, atriz e apresentadora do canal TNT Brasil, uniram-se  uniram ao elenco para comentar sobre diferentes aspectos das relações humanas com as redes sociais. 

Temas como discurso de ódio, saúde mental e internet, bullying e notícias falsas, por exemplo, são abordados ao longo dos episódios, que duram em torno de 20 minutos cada e estão disponíveis gratuitamente no YouTube e nas principais plataformas de áudio. 

“Os adolescentes falam sobre a relação deles com as redes de uma maneira sensível, inteligente e criativa. Essa escuta não só os empodera como também nos ensina a lidar com os desafios do nosso tempo”, diz Januária Cristina Alves, que é especialista em educação midiática.

Participam dos novos episódios jovens da Escola Viva e do Colégio Bandeirantes, instituições particulares de São Paulo, da Escola Estadual Distrito de Maylasky e do IFSP (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo) – as duas últimas escolas públicas de São Roque, no interior paulista. 

Leia também

Com checagem de informações, projeto ensina ciências e combate fake news

ACESSAR

#FakeToFora: Projeto voltado à checagem nas eleições traz planos de aula gratuitos

ACESSAR

A educação midiática inspira a sala de aula democrática

ACESSAR

Entre os especialistas estão Eugênio Bucci, professor e pesquisador da USP (Universidade de São Paulo); Daniela Costa, doutora em educação e coordenadora da pesquisa Tic Educação; Maria Mello, do Instituto Alana, ONG voltada para os direitos das crianças e dos adolescentes; e Telma Vinha, professora da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), que coordena pesquisa sobre a relação da violência nas escolas com as redes sociais.

Trilhas pedagógicas 

Januária Alves, uma das encarregadas por este projeto, contou ao Porvir que a equipe percebeu o quanto as escolas usavam em parte ou um episódio inteiro do podcast como ferramenta pedagógica, seja para explicar um conceito ou para contextualizar um debate em sala de aula. 

Pensando nisso, a nova temporada do podcast vem acompanhada de trilhas pedagógicas centradas em educação midiática e cultura e cidadania digital, aprofundam as discussões contidas nos episódios lançados. 

Com foco nos anos finais do ensino fundamental e ensino médio, o conteúdo foi desenvolvido para a sala de aula, para ser usado tanto por docentes quanto por quem está na gestão e trabalha essas temáticas. 

“O intuito do material é ser um ponto de partida para que educadores estimulem conversas com seus alunos sobre nossa vida digital conectada. Reconhecemos a capacidade única dos educadores em adaptar e conduzir estas discussões, tornando-as relevantes e interessantes para seus estudantes, no contexto e realidades diversas nos quais estão inseridos”, escrevem os organizadores no documento. 

Assuntos como representatividade e padrões sociais, algoritmos, desinformação, cyberbullying e mais são acompanhados por trechos do podcast que trazem esses assuntos e perguntas motivadoras para serem usadas junto à turma. 

Acesse a página do podcast

Confira as trilhas pedagógicas


TAGS

educação midiática, podcast, tecnologia

Cadastre-se para receber notificações
Tipo de notificação
guest

0 Comentários
Comentários dentro do conteúdo
Ver todos comentários
Canal do Porvir no WhatsApp: notícias sobre educação e inovação sempre ao seu alcanceInscreva-se
0
É a sua vez de comentar!x