Professoras se unem para aula sobre texto narrativo e geometria no fundamental 1 - PORVIR
Crédito: Arquivo Pessoal

Diário de Inovações

Professoras se unem para aula sobre texto narrativo e geometria no fundamental 1

Atividade remota com turma de 4º ano também incluiu as famílias e teve muita interação durante as atividades

por Elaine Higino / Janaína Fernandes Pessoa ilustração relógio 8 de julho de 2020

Estamos vivendo um período atípico e desafiador nesse contexto de ensino remoto durante a pandemia. Pensando na construção de sentidos e significados que provoquem mudança de olhares e engajamento dos alunos, nesse contexto de aulas virtuais, eu e a professora Elaine Higino decidimos realizar um projeto interdisciplinar com dois componentes curriculares que geralmente os alunos veem como distantes: língua portuguesa e matemática.

A ideia foi trabalhar o texto narrativo e a construção de personagens através de sólidos geométricos dando a oportunidade dos alunos criarem um universo de possibilidades, experimentando o pensamento, colocando a mão na massa, gerando envolvimento com as famílias e vivendo a construção dos conhecimentos. Dividimos o projeto em quatro etapas e cada uma delas trabalhou um P da aprendizagem criativa (projeto, paixão, parcerias e pensar brincando).

Apresentamos a ideia para os alunos de quatro turmas do 4º ano do ensino fundamental em forma de um vídeo convite, convidando os alunos a embarcarem nessa criação conosco. Para isso fizemos o vídeo em formato de narrativa, com personagens, para promover o interesse dos alunos, e estes ficaram muito empolgados com a possibilidade de desenvolver um projeto a distância.

Na primeira etapa trabalhamos a imaginação, onde os alunos tiveram aulas invertidas de língua portuguesa e matemática, videoaulas que foram gravadas por nós, professoras, explicando o que é um texto narrativo e seus elementos, e também o que são sólidos geométricos. Nas aulas síncronas, fizemos a discussão das ideias, com momentos para tirar dúvidas e realizamos uma oficina de criação de roteiro de imaginação, onde os alunos fizeram a chuva de ideias para a sua narrativa.

A segunda etapa foi a etapa da criação dos personagens. Na aula de língua portuguesa, com o roteiro de imaginação em mãos, os alunos fizeram um roteiro para criação de seus personagens e colocaram a mão na massa durante a aula de matemática, prototipando seus personagens de sólidos geométricos. A empolgação foi total. Com os personagens prontos, foi a hora de criar a história. Nessa terceira etapa, o pensar brincando foi muito explorado.

Leia mais:
Webinário com Mitchel Resnick marca lançamento de livro sobre aprendizagem criativa no Brasil
Professoras mandam ‘pacotinho de amor’ para famílias e alunos da educação infantil
Entenda as 10 competências gerais que orientam a Base Nacional Comum

A quarta e última etapa foi a do compartilhamento. Em três aulas os alunos puderam interagir uns com os outros durante a apresentação das suas histórias, fazendo um pequenos teatro com os personagens e cenários criados.

O brilho nos olhos, a empolgação por ver e ouvir os colegas, a alegria em poder apresentar seu trabalho e interagir com os colegas, mesmo cada um estando em suas casas foi um fator observado muito relevante. Os alunos sentiram-se unidos, próximos, juntos novamente. Os estudantes criaram conexões entre língua portuguesa e matemática que nos surpreenderam.

O envolvimento das famílias com a apresentação dos trabalhos foi muito bonito e algumas mães agradeceram a oportunidade de poder participar de um momento tão significativo dentro desse atual contexto que estamos vivendo.

Desenvolver um projeto interdisciplinar a distância nos ensinou muito sobre como podemos e devemos superar obstáculos e perceber nossas potencialidades. Foi uma experiência muito rica, que marcou nossas vidas como educadoras.


Elaine Higino

Pedagoga, responsável pelo planejamento de matemática para o 4º ano ano ensino fundamental, busca desenvolver o ensino da Matemática de forma criativa. Possui especialização em Alfabetização e Letramento e atualmente é aluna da pós-graduação em Metodologias Ativas para a Educação e também da Residência iungo

Janaína Fernandes Pessoa

Professora de língua portuguesa e pedagoga, criadora do Língua Portuguesa Divertida, busca (res)significar o ensino por meio de práticas pedagógicas inovadoras que sejam significativas para os alunos. Possui especialização em supervisão, orientação e inspeção Escolar e atualmente é aluna da pós-graduação em Metodologias Ativas para a Educação e também da Residência iungo.

TAGS

aprendizagem baseada em projetos, aprendizagem criativa, coronavírus, ensino fundamental, tecnologia

3
Deixe um comentário

avatar
500
3 Comentários ao conteúdo
0 Respostas a comentários
0 Seguidores
 
Comentário com mais reações
Comentário em alta
3 Autores
Ana ClaraRodrigoRita de Cássia Souza Quem acabou de comentar
  Acompanhar a discussão  
Mais recentes Mais antigos Mais votados
Tipo de notificação
Rita de Cássia Souza
Visitante
Rita de Cássia Souza

Parabéns! Belo projeto interdisciplinar 🎉

Rodrigo
Visitante
Rodrigo

Parabéns, meninas!
Gostaria de aproveitar e fazer uma perguntinha capciosa: sei que a finalidade da atividade era trabalhar narrativa e as formas geométricas, mas houve/há algum propósito comum, algo que estivesse além do conteúdo trabalhado?

Ana Clara
Visitante
Ana Clara

Parabéns Professora Elaine !!!