Professor cria coletivo para detectar adultos com autismo - PORVIR

Saiu na Mídia

Professor cria coletivo para detectar adultos com autismo

Há pouco mais de um ano, o professor da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) Guilherme de Almeida, de 39 anos, foi diagnosticado com autismo. Decidiu, então, que apoiaria outros adultos que suspeitam ter a mesma condição.

por Redação ilustração relógio 3 de fevereiro de 2022

Há pouco mais de um ano, o professor da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) Guilherme de Almeida, de 39 anos, foi diagnosticado com autismo. Decidiu, então, que apoiaria outros adultos que suspeitam ter a mesma condição.

Bacharel em direito, criou o CAUCamp (Coletivo Autista da Unicamp), com apoio de voluntários. O grupo encaminha quem os procura para especialistas de saúde, que cobram valores menores em suas consultas.

O CAUCamp identificou 52 pessoas dentro da Unicamp com diagnóstico de autismo, entre julho e outubro de 2021.

Clique aqui e confira a íntegra da matéria do jornal Folha de S.Paulo

 

 

 


Leia a matéria original em Folha de S.Paulo

TAGS

educação inclusiva, inclusão

Cadastre-se para receber notificações
Tipo de notificação
guest
0 Comentários
Comentários dentro do conteúdo
Ver todos comentários
0
É a sua vez de comentar!x
()
x
X