Professor usa Telegram para ensinar biologia e geologia - PORVIR

Saiu na Mídia

Professor usa Telegram para ensinar biologia e geologia

por Redação ilustração relógio 5 de novembro de 2018

Os aplicativos de comunicação não servem apenas para informar ou entreter. Eles também são ótimas ferramentas de aprendizado. Alunos do 1º e 3º do Instituto de Educação Secundária Celia Viñas, em Almería, na Espanha, usam o Telegram (concorrente do WhatsApp) graças à iniciativa do professor de biologia e geologia José Luis Castillo.

Para Castillo, o uso de livros didáticos era um problema, pois os alunos eram avaliados quase exclusivamente pelo conteúdo de suas páginas; situação que o levou a procurar uma alternativa. O projeto, que começou sua jornada no verão passado, inclui dois canais, um para estudantes do primeiro e outro para alunos do terceiro ano, “embora também possa ser usado para formação de professores na escola primária e como ajuda para famílias”, esclarece .

O professor deixa disponível o conteúdo para que outros professores usem o conteúdo e consigam adaptá-lo para suas aulas. Novos conteúdos são disponibilizados às segundas e quartas-feiras, incluindo partes de áudio de cerca de três minutos, embora seu criador diga que, a qualquer momento, qualquer um desses podcasts precisará de uma duração maior. Esses áudios são simples e ágeis, e embora tecnicamente não sejam perfeitos, José Luis minimiza este aspecto. “O professor tem que ser eficiente e se eu tentar ser tecnicamente perfeito do ponto de vista de áudio, minha prioridade não seria aprender, mas sim o áudio”.


Leia a matéria original em Educación 3.0

TAGS

aplicativos, redes sociais, tecnologia

1
Deixe um comentário

avatar
500
1 Comentários ao conteúdo
0 Respostas a comentários
0 Seguidores
 
Comentário com mais reações
Comentário em alta
1 Autores
EVANDRO DUARTE Quem acabou de comentar
  Acompanhar a discussão  
Mais recentes Mais antigos Mais votados
Tipo de notificação
EVANDRO DUARTE
Visitante
EVANDRO DUARTE

Q essa iniciativa se popularize aqui no Brasil também. Chega de Professores enviar todo o semestre os mesmos materiais para o e-mails da turma. Mais pratico disponibilizar tudo num canal privado ou público no Telegram