Desenvolvimento Infantil: Propostas para Envolvimento da Sociedade - PORVIR

Blog

Desenvolvimento Infantil: Propostas para Envolvimento da Sociedade

Envolvimento da sociedade nas questões ligadas ao desenvolvimento infantil foi um dos assuntos discutidos durante a segunda edição da Série de Diálogos

por Redação ilustração relógio 26 de setembro de 2012

Um dos assuntos discutidos durante a segunda edição da Série de Diálogos O Futuro se Aprende foi a importância do envolvimento da sociedade nas questões ligadas ao desenvolvimento infantil. Confira as propostas dos participantes do evento e do Secretário Ricardo Paes de Barros para que as famílias, a comunidade, a mídia e a sociedade em geral contribuam para melhorar a atenção à primeira infância.

O que disse o Secretário:

“Se conseguirmos convencer uma comunidade de que a atenção à primeira infância é importante, aquelas mães que estão fazendo algo vão começar a influenciar as outras.”

“A comunidade será uma aliada e vai intervir quando uma criança for vítima de maus tratos.”

“A politica de primeira infância não deve ser uma política só governamental, não deve ser uma política só comunitária, vai ter sempre de ser uma política em que a família, a comunidade e o governo atuem em conjunto.”

Alessandra Françoia, da ONG Criança Segura, e Gilda Portugal Gouveia, da Unicamp


Propostas dos Participantes:

“Tudo na área social depende muito da cultura que se desenvolve em torno daquela proposta. Não adianta o governo federal, estadual ou municipal impor uma decisão, principalmente quando isso envolve uma tradição que precisa ser quebrada. É um trabalho da sociedade como um todo, e eu incluo como peça fundamental a mídia, que pode falar muito no assunto, mostrar as experiências exitosas. É necessário envolver as famílias e a comunidade, porque é preciso mudar a cultura em relação ao tratamento que deve se dar às crianças.”
Gilda Portugal Gouveia
Unicamp

“O caminho é atuar com os formadores de opinião, tanto no nível público, como no privado. Nós precisamos garantir, nas políticas sociais do Brasil, o desenvolvimento infantil como uma estratégia prioritária.”
Regina Lúcia Herculano Faustino
OS Santa Catarina

“É importante fazer uma campanha focada nas famílias, na mãe, no pai, no jovem, independentemente da classe social. Há um desconhecimento da população sobre o cuidado, o carinho, a relação, o vínculo que é preciso se estabelecer
na primeira infância”.
Mônica Pinto
Fundação Roberto Marinho – Canal Futura

Confira o vídeo completo com as propostas dos participantes do evento:

 

“É preciso pensar a longo prazo no tipo de investimento para as famílias, exatamente para gerar e desenvolver essa cultura do cuidado. Essa família precisa entender como cuidar de uma criança respeitando seu desenvolvimento.”
Alessandra Françoia
ONG Criança Segura

 

“Investimento em pesquisas para entender quais são as representações, qual é o conceito de maternagem, de cuidado, o próprio conceito da infância e da possibilidade que a criança tem de aprender e de ser um investimento familiar e político. A ideia de que a criança é um investimento para o futuro é muito recente. A população brasileira precisa ser formada a partir da crítica e da incorporação de novas visões a respeito da criança.”
Gisela Wajskop
Instituto Singularidades


TAGS

educação infantil, instituto inspirare, série de diálogos

1
Deixe um comentário

avatar
500
0 Comentários ao conteúdo
0 Respostas a comentários
0 Seguidores
 
Comentário com mais reações
Comentário em alta
0 Autores
Quem acabou de comentar
  Acompanhar a discussão  
Mais recentes Mais antigos Mais votados
Tipo de notificação