Relatório aponta novo papel do professor como tendência - PORVIR
crédito Gorilla / Fotolia.com

Inovações em Educação

Relatório aponta novo papel do professor como tendência

Estudo do NMC mostra as tecnologias emergentes e o que vai se ver na educação básica nos próximos 5 anos

por Fernanda Kalena ilustração relógio 30 de junho de 2014

As novas tecnologias e abordagens pedagógicas estão transformando o papel do professor em sala de aula. Cada vez mais ele passa a ser um mentor, um guia para o aprendizado dos alunos. O mais recente relatório do NMC (New Media Consortium), que traz seis tendências e seis tecnologias que devem se difundir na educação básica até 2019, aponta essa mudança na atuação docente como algo que deve acontecer entre um a dois anos a partir de agora.

A justificativa do relatório para que o professor mude sua forma de atuação em tão pouco tempo vem do crescente acesso à internet por parte dos alunos. Com mais informação à disposição, os educadores deixam de ser a primeira fonte de conhecimento e se tornam ainda mais imprescindíveis no papel de orientação e mediação. Eles passam a ter que ensinar os estudantes a aprender ao longo da vida, a relacionar conteúdos pedagógicos com o mundo real e os instiga a aprofundar suas pesquisas para além da internet.

Clube Porvir: Um plano de assinatura para professores, com trilhas temáticas que ajudam a enfrentar desafios do dia a dia na escola: Assine agora!

Outra tendência apontada pelo relatório que deve se tornar predominante também no período entre um e dois anos e intimamente ligada ao novo papel do professor é a adoção de abordagens pedagógicas mais profundas. Pelo documento, estarão em alta estratégias que permitam que o aluno aplique na prática o que aprendeu, conectando os conteúdos curriculares com o mundo real. Com isso, é esperado que o estudante seja mais bem preparado para a vida após a escola, que desenvolva habilidades para resolver problemas, enfrentar desafios, trabalhar colaborativamente e de comunicação.

A médio prazo, de três a cinco anos, a expectativa é que o uso de recursos educacionais abertos (REA), livres de licenças e diretos autorais, esteja mais difundido e se torne uma opção viável para escolas com recursos limitados. E também espera-se, com o crescimento dos REA e de sua qualidade, que ele se torne uma alternativa aos materiais didáticos tradicionais. Paralelamente, aparece o aumento no uso de projetos híbridos de aprendizagem, nos quais o tempo de sala de aula é usado para aprofundar conhecimentos, desenvolver projetos e realizar atividades em grupo ou individualmente, assistidas pelo professor.

Todas essas tendências, somadas ao avanço das tecnologias intuitivas, aquelas sensíveis ao toque e ao movimento, previstas para estar presentes nas salas de aula daqui a cinco anos, vão trazer a necessidade de repensar o modelo vigente de escola. Segundo o relatório, as novas práticas e recursos pedagógicos demandam um novo modelo de ambiente de aprendizagem e de divisão do tempo que facilite a interação dos alunos com seus pares, com o professor e com as tecnologias.

E por falar em tecnologias a aposta dos especialistas é que, daqui a um ano, a computação em nuvem e o BYOD  já estejam na rotina dos estudantes. Para um espectro de dois a três anos, a expectativa é que o learning analytics, ou a análise da aprendizagem, e os games/gamificação estejam sendo usados amplamente nas salas de aula. Em quatro ou cinco anos, o que deve chegar com força, aponta o relatório, é a internet das coisas e as tecnologias vestíveis. A previsão do NMC é que o avanço tecnológico impacte a escola e a maneira de ensinar e aprender, assim como tem impactado as outras esferas da vida tanto do professor quanto do aluno.

O NMC produz relatórios sobre tendências em diferentes etapas educação periodicamente. Para este estudo, 54 especialistas do mundo todo foram selecionados para analisar quais as tecnologias emergentes e seu potencial impacto sobre o ensino e aprendizagem na educação básica. Confira no infográfico a seguir as seis tendências e as seis tecnologias trazidas no documento.

Relatório aponta novo papel do professor como tendênciaCrédito: Regiany Silva

TAGS

aprendizagem colaborativa, competências para o século 21, ensino híbrido, gamificação, recursos educacionais abertos, tecnologia, traga seu próprio dispositivo (BYOD)

147
Deixe um comentário

avatar
500
138 Comentários ao conteúdo
9 Respostas a comentários
2 Seguidores
 
Comentário com mais reações
Comentário em alta
137 Autores
Sheyla MouraENI FERNABDES NOGUEIRASalvatório Giuliano Paladinovalderio ferreira de barrosTatiane Cantanhede Mesquita Quem acabou de comentar
  Acompanhar a discussão  
Mais recentes Mais antigos Mais votados
Tipo de notificação
Jose Moran
Visitante
Jose Moran

Concordo plenamente com a matéria. As mudanças na forma de ensinar e de aprender são profundas e irreversíveis. Moran

Tatiane Cantanhede Mesquita
Visitante
Tatiane Cantanhede Mesquita

Concordo

Marilia C Dias
Visitante
Marilia C Dias

A formação dos professores precisa ser intensificada e mais direcionada aos estudos destas tendências, evidenciando a necessidade de aproximar ainda mais as práticas pedagógicas com as demandas sociais

Jones
Visitante
Jones

Essa matéria é a consolidação do que já se percebe nas escolas.
E, conforme outros já comentaram, essa “revolução na educação” passa obrigatoriamente pelo professor.
Ele é, sem dúvidas, o elo mais fraco dessa corrente, e é na sua FORMAÇÃO e aperfeiçoamento que as políticas públicas devem focar.
Os estudantes estão se desenvolvendo e se sofisticando naturalmente.
Mas o professor, que normalmente trabalha três turnos diários, não tem tempo para crescer.

Leila Núbia
Visitante
Leila Núbia

Olá Jones, estou fazendo matéria sobre este assunto para um jornal do Recife, o Jornal do Commercio e gostei muito deste teu comentário. Como faço para utiliza-lo no meu texto, ou seja, como posso te identificar. Por favor, responda pelo meu endereço de email. Grata ! Este é o endereço do portal de notícias, que abriga o jornal.

Glaukio José de Miranda
Visitante
Glaukio José de Miranda

Outra tendência apontada pelo relatório que deve se tornar predominante também no período entre um e dois anos e intimamente ligada ao novo papel do professor é a adoção de abordagens pedagógicas mais profundas. Pelo documento, estarão em alta estratégias que permitam que o aluno aplique na prática o que aprendeu, conectando os conteúdos curriculares com o mundo real. Com isso, é esperado que o estudante seja mais bem preparado para a vida após a… Ler mais »

Rosangela M Carrara
Visitante
Rosangela M Carrara

Sem dúvida estamos passando pela fase da mudança de paradigma na atuação do professor, resta as instituições formadoras adequarem seus currículos a essa nova realidade nacional e internacional. Não cabe mais conteúdos sequencial e avaliações da aprendizagem que se baseiam apenas na prova, temos que ir além. Está um estudo que reflete isto.

Eliana Costa Sausmickt
Visitante
Eliana Costa Sausmickt

O contexto atual da sala de aula pede posturas ressignificadas do professor. A tecnologia precisa ser adotada como uma parceira importante no processo de ensino e aprendizagem. Para tanto, é urgente que se invista na formação docente.

Gilda Aquino de Araújo Mendonça
Visitante
Gilda Aquino de Araújo Mendonça

Mudanças significativas… Será que todos estão preparados?

André Ubiratã
Visitante
André Ubiratã

E como fica a formação dos professores?
Cada vez mais, urge a necessidade da profissionalização do trabalho do professor e, mais ainda, do governo e da sociedade se preocuparem efetivamente com a qualidade dos cursos destinados à formação dos nossos educadores. Precisamos, ainda, implementar programas sérios de apoio ao desenvolvimento contínuo desses profissionais.
Precisamos fortalecer de maneira equilibrada e consistente os três eixos fundamentais do trabalho docente no séc. XXI: o pedagógico, o didático e o tecnológico.

Ana Lucia
Visitante
Ana Lucia

Li todas as tendências e achei fantástica. Mas, concordo com André Ubiratã “Precisamos, ainda, implementar programas sérios de apoio ao desenvolvimento contínuo desses profissionais”. Pelo visto, esta não é uma das preocupações destas perspectivas, pporque não há nenhuma menção sobre. E, de acordo com as vivências esccolares não há formação disponível para o professor, ou seja, o professor vai continuar sem “ler o livro antes do aluno”. Outro aspecto em relação à escola não precisa… Ler mais »

Rosenilde dos Santos Mira
Visitante
Rosenilde dos Santos Mira

Esta é uma pergunta bastante instigante, acredito que ninguém esta preparado, mais todos estão tentando se adequar as novas formas de ensinar e aprender se apropriando das ferramentas que nos são apresentadas a todo momento.

Vanessa Cristina Müller
Visitante
Vanessa Cristina Müller

Fico muito feliz quando leio reportagens como esta.
São parametros na educação que acredito e percebo como fundamentais para uma sociedade em evolução.
Percausos acontecerão, mas fazem parte do processo ensino-aprendizagem.

Mariléia
Visitante
Mariléia

Essa tendência já esta acontecendo, nossos alunos já estão conectados 24 hs, enquanto o professor ainda vai para sala de aula para lecionar da mesma forma que lecionava a algum tempo atrás. Além de uma boa formação do professor relacionada com essa nova tendência, precisamos educar nossos alunos para o uso adequado desses recursos. O que vimos hoje em sala de aula são estudantes viciados nas redes sociais e bate papo. Temos que pensar em… Ler mais »

Tania Telles
Visitante
Tania Telles

Esta revolução no processo educacional é desafiadora e requer uma mudança de comportamento. Nós professores precisamos estar abertos ao novo, trabalhar continuamente nosso auto-desenvolvimento e acompanhar as tendências.
Precisamos também estar preparados para usar a criatividade e lidar com as diferenças!

Maria Sebastiana Maciel Pereira
Visitante
Maria Sebastiana Maciel Pereira

Concordo plenamente com você Tania Telles,pois essa revolução no processo educacional exigem de nos professores uma inovação precisa para que possamos auxiliar nossos alunos a desenvolver competências para enfrentar as transformações pelas quais o mundo vem passando.

Tania Telles
Visitante
Tania Telles

Esta revolução no processo educacional é desafiadora e requer uma mudança de comportamento. Nós professores precisamos estar abertos ao novo, trabalhar continuamente nosso auto-desenvolvimento e acompanhar as tendências.
Precisamos também estar preparados para usar a criatividade e lidar com as diferenças!

Cláudio
Visitante
Cláudio

Muito coerente ferramentas e aplicativos propostos. Mas, vejo uma tecnofobia por parte dos educadores. Deveria existir uma melhor forma de capacitação dos professores, pedagogos e educadores para essas ferramentas.

Cláudio
Visitante
Cláudio

Muito coerente ferramentas e aplicativos propostos. Mas, vejo uma tecnofobia por parte dos educadores. Deveria existir uma melhor forma de capacitação dos professores, pedagogos e educadores para essas ferramentas.

Inês Tourino Teixeira
Visitante
Inês Tourino Teixeira

Era de se esperar, há muito as tecnologias educacionais e mesmo a web, o armazenamento nas nuvens de dados e documentos vem permitindo o usuário a trabalhar e acessar em quaisquer locais. Para o professor é fantástico, mas os Sistemas principalmente o Sistema Público de Educação precisa internalizar apropriar-se dessas ferramentas de forma efetiva e possibilitar ao seus educadores o pleno acesso e o preparo devido para aplicar em sala de aula. Um outra questão… Ler mais »

Inês Tourino Teixeira
Visitante
Inês Tourino Teixeira

Era de se esperar, há muito as tecnologias educacionais e mesmo a web, o armazenamento nas nuvens de dados e documentos vem permitindo o usuário a trabalhar e acessar em quaisquer locais. Para o professor é fantástico, mas os Sistemas principalmente o Sistema Público de Educação precisa internalizar apropriar-se dessas ferramentas de forma efetiva e possibilitar ao seus educadores o pleno acesso e o preparo devido para aplicar em sala de aula. Um outra questão… Ler mais »

Angela Denovaro
Visitante
Angela Denovaro

Acredito que as mudanças sejam nessárias, principalmente as citadas porém, não sei se viável em nossas escolas nesse curto período, preciso dizer que se faz necessário qualificação para nossos professores, melhor estrutura de nossas escolas, desenvolvimento do setor,ai sim podemos acreditar que nesse período citado se faz essas mudanças.

Angela Denovaro
Visitante
Angela Denovaro

Acredito que as mudanças sejam nessárias, principalmente as citadas porém, não sei se viável em nossas escolas nesse curto período, preciso dizer que se faz necessário qualificação para nossos professores, melhor estrutura de nossas escolas, desenvolvimento do setor,ai sim podemos acreditar que nesse período citado se faz essas mudanças.

Angela Denovaro
Visitante
Angela Denovaro

Acredito que essa seja a revolução que esperamos na educação, um novo professor, como guia como mentor, renovar o formato de educação para facilitar o aprendizado do aluno, escolas preparadas com dispositivos que apoiem o aluno em tecnologias e conectar os projetos curriculares a vida real de cada um.

Angela Denovaro
Visitante
Angela Denovaro

Acredito que essa seja a revolução que esperamos na educação, um novo professor, como guia como mentor, renovar o formato de educação para facilitar o aprendizado do aluno, escolas preparadas com dispositivos que apoiem o aluno em tecnologias e conectar os projetos curriculares a vida real de cada um.

EDNALVA NASCIMENTO TINTI
Visitante
EDNALVA NASCIMENTO TINTI

Inovar é preciso, pois o avanço da tecnologia está presente a todo momento em nossas vidas. O crescente acesso à internet por parte dos alunos exige que estejamos preparados a altura para podermos auxilia-los nessa mudança.

debora
Visitante
debora

As novas tecnologias inseridas como intrumentos, recursos tecnológicos e educacionais

são uma crescente e parte da nova geração smatphone ” conectada e informação rápida, veloz”

Maria Luiza Coelho Trindade Ar
Visitante
Maria Luiza Coelho Trindade Ar

As mudanças apontadas no relatório referente ao papel do professor em sala de aula são pertinentes e se faz urgente, vez que os alunos já estão inseridos no cotidiano deste universo tecnológico e o professor, ainda trabalhando com metodologias e práticas que não atendem as reais necessidades deste estudante que precisa ser preparado para vida depois da escola, como bem diz o texto, “… que os alunos desenvolvam habilidades para resolver problemas, enfrentar desafios, trabalhar… Ler mais »

Paulo Michele Nunes
Visitante
Paulo Michele Nunes

Muito interessante, gostei.

Elias Abuichaim neto
Visitante
Elias Abuichaim neto

Realmente há necessidade premente de uma atualização dos professores para acompanhar os “jovens alunados” pois a inserção da internet na vida de cada um, tornou-se um passo de suma importância que, se continuarmos desatualizados , Fdesinformados,sem aperfeiçoamento não só da matéria como da metologia não teremos mais espaços e do porque ser professor.Futuramente o professor será polivalente no mais amplo do sentido da palavra para ter sua real valorização. Temos que relevar um fato IMPORTANTÍSSIMO… Ler mais »

Andréa Cristina Batista dos Sa
Visitante
Andréa Cristina Batista dos Sa

Concordo plenamente que a tecnologia deve está inserida no planejamento dos conteúdos na sala de aula, mas precisamos de uma capacitação para os professores e gestores para o uso dessas ferramentas.

ROSANA CHERMONT
Visitante
ROSANA CHERMONT

Como explicitei na questão anterior, o professor necessita realmente esta em formação continuada. O relatório pontua muito bem a importância do avanço tecnológico e a necessidade de nos apropriarmos desses como ferramentas para o trabalho pedagógico com os alunos do século XIX

Regina
Visitante
Regina

Com a propagação dessas tendências e tecnologias que devem ser difundidas na educação básica, investimentos na formação do professor será imprescindível para que ele possa ser um guia na construção de saberes do educando e também como meio de sobrevivência diante de tantos desafios.

Edson Silva Paizante
Visitante
Edson Silva Paizante

As novas tecnologias e abordagens pedagógicas estão transformando o papel do professor em sala de aula e faz-se necessário repensar o modelo vigente de escola.
Além da valorização profissional, o Estado deve ser mais eficiente na gestão dos recursos educacionais.

Ana
Visitante
Ana

A tecnologia está presente a todo
momento em nossas vidas. E isso exige que devemos estar sempre atualizados para atender as necessidades dos nossos alunos.

silmare
Visitante
silmare

Repensando o modelo vigente da escola,as novas tecnologias vem para valorizar e transformar o modelo educacional.

GISLAINE OLIVEIRA
Visitante
GISLAINE OLIVEIRA

INOVAR É PRECISO, POIS O AVANÇO TECNOLÓGICO ESTÁ PRESENTE A TODO MOMENTO EM NOSSAS VIDAS.

Léia Machado
Visitante
Léia Machado

Se em todos os setores há avanços tecnológicos significativos, também as escolas deveriam modernizar-se e acompanhar as mudanças e a evolução.

Otávio Missiaggia
Visitante
Otávio Missiaggia

É muito interessante essas tecnologias mas tem que ter o suporte também nas escolas pois tem escola do campo que nem internet de qualidade tem.

Odalicio Arnaldo
Visitante
Odalicio Arnaldo

Tudo isso é promissor no aspecto teórico, mas a realidade presente e breve futura é de que nossos governantes não se atentem a essa novidade.

Anailde Rosa
Visitante
Anailde Rosa

Super interessante todas as informações,porém nem todos professores têm tempo disponíveis e acesso às tenológicas.

Ana Iris
Visitante
Ana Iris

o professor percebe esse novo modelo. ele até tenta se adequar, entretanto a parte que cabe ao governo fica muito a desejar

Geralda de Castro Francisco
Visitante
Geralda de Castro Francisco

Em todo momento a tecnologia está presente em nossas vidas. E
isso exige que devemos estar sempre atualizados para atender as necessidades dos nossos alunos.

Joice Aparecida
Visitante
Joice Aparecida

É importante inovar sim, aulas mais dinâmicas e atraentes que de fato possibilitem o aprendizado.

Fátima da Silva
Visitante
Fátima da Silva

A única forma de melhorar qualquer situação de risco é através da escola. A educação de qualidade e com responsabilidade é capaz de transformar vidas.

MARIA INES
Visitante
MARIA INES

O professor é uma peça fundamental para aprendizagem do aluno, por isso será muito importante ter conhecimento em todas as disciplinas . É necessário estar sempre inovando de acordo com as tecnologias.

Mari adriane Tesser
Visitante
Mari adriane Tesser

A evolução na educação se faz necessária, porém a evolução educacional nesse momento na família deve ser o alvo dos estudadores nessa área, com amplitude de ganhar dinheiro pelo lado não licito o aluno não deseja o estudo, e o que ele visa e perda de tempo, e com isso muitas vezes forçados aos estudos por bolsa família, conselho, vê a escola alvo de desacato e destruição.

Eliane Alves Freitas
Visitante
Eliane Alves Freitas

O papel da escola de modo geral se resume na produção de conhecimentos. E essa produção só acontece à medida que os agentes envolvidos no processo, que são alunos e professores estejam abertos e acompanhem as mudanças que ocorrem no meio social, desde os aspectos tecnológicos, sociais e políticos, entre outras. Haja vista, que a medida que estamos conectados as mudanças e as inovações, nos tornamos capazes de refletir, agir e realizar mudanças de comportamento… Ler mais »

Audete Rodrigues
Visitante
Audete Rodrigues

Realmente essas perspectivas para a educação básica, demandam novos modelos de ambiente de aprendizagem, são desafios repensar em novas práticas, portanto, estamos com uma enorme responsabilidade diante desses desafios, a primeira é que tenhamos ferramentas necessárias disponíveis para os alunos e assim desenvolver habilidades necessárias e isso não depende somente do professor.

Simone Matia da Silva
Visitante
Simone Matia da Silva

Vivemos em constantes inovações em nossas vidas, inovações essas que precisam ser planejadas para que possam ser executadas coerentemente. É notória a evolução tecnológica em todas as áreas, porém quando o assunto é inovar na educação tem-se a escassez de todos os recursos necessários para que possa acontecer.

José de Ribamar Fournier
Visitante
José de Ribamar Fournier

Estamos em um mundo de várias inovações, temos que está atento as mudanças…O pior de tudo que existem muitas coisas erradas na política educacional.

Eliandro Fagundes
Visitante
Eliandro Fagundes

As relações existentes entre professor e aluno requer um grau de conhecimento muito abrangente em relação ao planejamento anual da escola, pois o mesmo precisa estar atento as mudanças sociais que estão ocorrendo no meio social do aluno para poder orientá-lo nos diversos momentos de seu dia a dia.

NILDA SILVA
Visitante
NILDA SILVA

O texto foi muito inspirador e interessante, mas creio que a realidades apresentada não seja a minha realidade.Na minha escola não há janela e em algumas salas nem portas.Moro no norte do país, portanto, a realidade apresentada no texto é utopia para mim.

Célia Aparecida Ferreira Neves
Visitante
Célia Aparecida Ferreira Neves

No mundo contemporaneo, tudo é inovador. Temos que estar atentos às mudanças e entender que elas surgem como algo a nos acrescentar. A evolução tecnológica está presente em todos os lugares e há a necessidade de evoluirmos para tornar todos os recursos acessíveis no ambiente de aprendizagem.

delvania pereira de pontes dam
Visitante
delvania pereira de pontes dam

Nos dias atuais ,o professor deve estar preparado para muitos desafios em sala de aula,tanto na aprendizagem dos alunos bem como na atualidades e tecnologias,ele deve interagir com os alunos e ao seus meios de vida social,levando o aluno a refletir,expressar,e a desenvolver sua criatividade diante da realidade vivida por ambos buscando uma aprendizagem recíproca de ambas as partes.

Lilhane
Visitante
Lilhane

Olá, penso que o professor ocupa um papel muito importante na relação escola x aluno x tecnologia, uma vez que o mesmo fará a mediação do ensino-aprendizagem contando com auxilio de muitas tecnologias inovadoras, que vem agregar na construção de saberes.

francineide mauricio
Visitante
francineide mauricio

O professor, leva pra cada aluno o conhecimento, de maneira facilitada .

José Rinaldo da Silva
Visitante
José Rinaldo da Silva

Realmente, o professor precisa adotar as novas tecnologias, como ferramentadas a está inclusa na suas praticas mediadoras no processo ensino-aprendizagem , com a comunidade escolar e assumindo o seu papel de mediador e problematizador no processo educacional, na eduacação interdimensional.

X