Segundo Mercadante, educação não pode se subordinar à crise - PORVIR

Saiu na Mídia

Segundo Mercadante, educação não pode se subordinar à crise

por Redação ilustração relógio 19 de abril de 2016

Na última quinta-feira, 14, o ministro da Educação, Aloizio Mercadante afirmou, durante coletiva de imprensa sobre o Exame Nacional do Ensino Médio, que “a educação não pode se subordinar a uma crise política”.

Durante o evento, Mercadante afirmou que o exame será realizado nos dias 5 e 6 de novembro, independente do cenário político do país. O Enem vai acontecer. Os meninos (que concluem o ensino médio) não podem ser influenciados pelo que estamos vivendo hoje”.

Ainda, ele comentou sobre a plataforma Hora do Enem, lançada no começo do mês. Trata-se de um portal interativo com planos individuais de estudo, exercícios e simulados, tudo dedicado aos alunos do terceiro ano do ensino médio. Entretanto, o ministro afirmou que há “dificuldade que os alunos conheçam essa oportunidade, de ter um professor particular e um cursinho dentro de casa, de graça”.

 


Leia a matéria original em Exame

TAGS

enem, ensino superior, vestibular

Deixe um comentário

avatar
500
  Acompanhar a discussão  
Tipo de notificação
X