'Transferi para o magistério o legado da publicidade' - PORVIR
crédito: antishock / Fotolia.com

Diário de Inovações

‘Transferi para o magistério o legado da publicidade’

No Diário de Inovações, professora conta como usou a tecnologia para trabalhar mitologia com o 6º ano

por Clarice Menezes ilustração relógio 5 de novembro de 2014

Vou começar contando um pouquinho da minha história. Primeiramente, me formei em comunicação social e trabalhei como redatora publicitária durante 4 anos, mas ao mesmo tempo cursava Letras na UERJ e, assim que me formei, deixei a publicidade e fui fazer o que era realmente a minha paixão desde muito nova: ser professora. 

Transferi para o magistério o legado da publicidade, que foi o de ter trabalhado com tecnologia multimídia. Percebi que isso funcionava muito bem na educação, me fazia feliz, fazia os alunos felizes e tornava as aulas muito mais interessantes.

Gosto muito de compartilhar minhas experiências com tecnologia em sala de aula, pois acredito que o que deu certo para mim e para os meus alunos, pode incentivar outros profissionais a fazer o mesmo.

Na Escola Municipal Francisco Jobim, zona norte do Rio de Janeiro, o projeto que realizei com a minha turma de sexto ano se chamou Mitos e Lendas, Deuses e Heróis. Ele tinha como objetivos a leitura do livro Odisseia (adaptação de Ruth Rocha), a pesquisa e produção de textos, bem como a contação de histórias. Além disso, outro objetivo era o de familiarizar meus alunos com recursos diversificados que pudessem complementar o aprendizado e deixar as aulas ainda mais interessantes e dinâmicas.

Na rede, encontrei muitos vídeos sobre mitologia, games e desafios em forma de quiz. Levei tudo para a sala e mostrei aos alunos. Eles ficaram encantados e começaram a me apresentar suas pesquisas. Como consequência, criamos um grupo no Facebook para compartilharmos as descobertas.

O ambiente virtual ficou sendo, então, mais um ponto de encontro além das aulas presenciais. Passei a deixar também todo o material utilizado em sala à disposição da turma nas postagens de um blog, onde eles podiam estudar e revisar os assuntos abordados.

Multiplicamos e compartilhamos informações numa velocidade que os encontros semanais não teriam dado conta. Enfim, essas ações fizeram com que os alunos participassem do projeto com muito mais vigor e interesse.

Fiquei muito feliz com os resultados obtidos e constatei que não dá mais para deixar para amanhã o uso da tecnologia em sala de aula.

No Diário de Inovações, professora conta como utilizou a tecnologia multimídia para trabalhar mitologia com alunos do 6o ano Crédito: Arquivo pessoal

Veja abaixo comentários dos alunos:

Laryssa Costa:  Em Odisseia relembramos alguns contos como o de Ulisses, que viveu várias aventuras como a da ilha do Ciclope. Gostei muito dos vídeos passados, transmitindo conhecimento. Gostei das pesquisas, principalmente, a da Afrodite. Odisseia é um livro muito interessante, pois transmite o conhecimento de uma outra era. 

Flávia Melo: Adorei as nossas pesquisas, principalmente, sobre Afrodite. Odisseia, pra mim, significa uma passagem de conhecimento a uma outra era. Gostei da guerra de Tróia. Os vídeos passados foram bem interessantes, pois cada um com certa novidade. Também como visto, deuses e humanos tinham uma relação amigável, porém severos castigos eram aplicados aos que revelassem conduta inaceitável. Adorei as histórias,entre outros….

Mayra Aparecida: Eu adorei Odisseia, um livro repleto de aventuras e romance, sem falar das pesquisas que a professora Clarice passa. ADORO! 

­­

Confira o blog da professora Clarice: http://claricemenezes.blogspot.com.br/


Clarice Menezes

É graduada e licenciada em Letras pela UERJ (Universidade do Estado do Rio de Janeiro), com especialização lato sensu em Teoria da Arte, Fundamentos e Práticas Artísticas. Durante três anos, foi produtora e revisora de aulas digitais da Educopédia. Atualmente, é professora da Rede Municipal e Estadual de Educação do Rio de Janeiro, atuando no ensino fundamental e no médio.

TAGS

aprendizagem colaborativa, jogos, objetos digitais de aprendizagem, redes sociais, tecnologia, videoaulas

16
Deixe um comentário

avatar
500
8 Comentários ao conteúdo
8 Respostas a comentários
0 Seguidores
 
Comentário com mais reações
Comentário em alta
11 Autores
ClariceAlexandre MainentiHumbertoAnonia Sousa LimaAnonia Sousa Lima Quem acabou de comentar
  Acompanhar a discussão  
Mais recentes Mais antigos Mais votados
Tipo de notificação
Alexandre Mainenti
Visitante
Alexandre Mainenti

“Ser profissional exige fazer o que gosta da melhor forma possível e sentir prazer no que faz, não exige que seja uma profissão que dê milhões trilhões,só exige fazer o que gosta…”
Parabéns polo lindo trabalho.

Clarice
Visitante
Clarice

Obrigada, Alexandre! Nossa profissão é linda!

gustavo
Visitante
gustavo

Excelente texto. A educação brasileira precisa de novas propostas pedagógicas como a que vem sendo aplicada pela professora Clarice com sucesso. A aplicação da tecnologia no ensino é um caminho sem volta e deve ser vista como investimento pelos gestores públicos. Desta forma daremos um salto educacional, com jovens e professores motivados, construindo uma sociedade cada vez melhor.

Elaine.Oliveira
Visitante
Elaine.Oliveira

Inovação, criatividade, determinação, paciência, sensibilidade, coragem, carisma e principalmente muito amor pelo seu trabalho. Clarice Menezes é sem dúvida uma professora admirável em tudo que faz. Belíssimo texto, parabéns!

Clarice
Visitante
Clarice

Obrigada, Gustavo!!

Clarice
Visitante
Clarice

Obrigada, Elaine!! Bjusss

Humberto
Visitante
Humberto

E modernizando a educação em sala de aula que os professores terão um papel cada vez mais relevante na sociedade brasileira. Parabéns, Clarice!

Clarice
Visitante
Clarice

Obrigadaaa!!!

Stéfany
Visitante
Stéfany

É de grande valia apostar nesta iniciativa. Tornar coisas do cotidiano, o uso da tecnologia comunicativa, uma ferramenta útil e eficaz na integração, assim como modo de propagar conhecimento. É interessante também observar que a tecnologia une em um só momento lazer e aprendizado, tornando-se forte estimulante ao desenvolvimento do gosto ao estudo. Parabéns, Clarice!

Clarice
Visitante
Clarice

Obrigadaaaaaa! Stéfany!

Alexandre Mainenti
Visitante
Alexandre Mainenti

“Ser profissional exige fazer o que gosta da melhor forma possível e sentir prazer no que faz, não exige que seja uma profissão que dê milhões trilhões,só exige fazer o que gosta…”
Parabéns polo lindo trabalho.

Clarice
Visitante
Clarice

Obrigada, Alexandre! Nossa profissão é linda!

Humberto
Visitante
Humberto

E modernizando a educação em sala de aula que os professores terão um papel cada vez mais relevante na sociedade brasileira. Parabéns, Clarice!

Clarice
Visitante
Clarice

Obrigadaaa!!!

Anonia Sousa Lima
Visitante
Anonia Sousa Lima

Fostes muito feliz na sacada do tipo de leitura.Usar a leitura da criança para trabalhar leitura e escrita. Qdo ele ouve e ver sus voz,percebe as falhas e é uma forma infalível para despertar naturalmente o desejo de fazer o melhor.
Implantarei esse mecanismos, sei que tem resultado satisfatório,pq qdo apenas apresentamos as escritas deles Ja existe impacto. Imagino com áudio e imagens é fantástico.

Anonia Sousa Lima
Visitante
Anonia Sousa Lima

Fostes muito feliz na sacada do tipo de leitura.Usar a leitura da criança para trabalhar leitura e escrita. Qdo ele ouve e ver sus voz,percebe as falhas e é uma forma infalível para despertar naturalmente o desejo de fazer o melhor.
Implantarei esse mecanismos, sei que tem resultado satisfatório,pq qdo apenas apresentamos as escritas deles Ja existe impacto. Imagino com áudio e imagens é fantástico.