6 maneiras criativas de ensinar práticas de respiração aos alunos da educação infantil - PORVIR
Crédito: monkeybusinessimages/iStock

Inovações em Educação

6 maneiras criativas de ensinar práticas de respiração aos alunos da educação infantil

Professores da pré-escola e dos primeiros anos do fundamental podem usar algumas técnicas simples, focadas na atenção plena, para ajudar a acalmar os estudantes

por Redação ilustração relógio 14 de janeiro de 2022

Mindfulness (ou atenção plena, em português) é mais do que uma palavra da moda – é uma importante prática de bem-estar que chegou às escolas e, provavelmente, veio para ficar. Praticar a atenção plena com os alunos ajuda a fortalecer a regulação emocional, o funcionamento cognitivo e os apoia a ter melhor comportamento na escola, para citar apenas alguns benefícios.

Uma das práticas centrais do mindfulness é o foco na respiração. Isso envolve essencialmente a concentração no ato de respirar, seja contando as respirações, rotulando-as com palavras como “inspirar, expirar”, ou ficar atento às sensações do corpo. Há uma razão pela qual você, instintivamente, pode dizer a uma criança para “respirar fundo” quando ela estiver com medo ou sobrecarregada: retardar a respiração auxilia a reduzir o estresse, e prestar atenção em como respiramos nos ajuda a ficar mais conscientes e focados.

Atividades de respiração consciente para as crianças 

Ficar quieto e se concentrar na respiração tem o potencial de colaborar com o aprendizado e com o bem-estar do aluno. O problema dessa prática para quem ensina crianças pequenas é a palavra “ainda”. Para muitas delas, ficar sentadas, quietas, e prestar atenção na maneira como se respira pode parecer muito chato. Para ser uma prática eficaz, é importante demonstrar que a atenção plena é uma ferramenta, não um castigo. É possível trazer os benefícios da prática da respiração para as crianças de maneiras diferentes, que possam estimular sua curiosidade e criatividade. Confira:

1- Transforme pedrinhas em “amigas da barriga”: Quando nos sentimos assustados ou nervosos, nossa respiração geralmente é superficial e rápida. Quando enchemos a barriga para respirar, isso ajuda a garantir que o ar esteja enchendo todo o caminho até o estômago. Ter algo tangível é útil para as crianças visualizarem a ideia de respiração é a proposta aqui: criar “amigas da barriga” é uma maneira simples de controlar esse tipo de respiração. Basta oferecer a cada criança uma pedrinha simples, e convidá-la a personalizá-la com decorações.

Quando cada aluno tem seu próprio “companheiro” de barriga, ele pode ser convidado a deitar e notar a pedrinha subir e descer enquanto guia sua respiração para dentro e para fora de sua barriga. Vale colocar músicas calmas, em som ambiente, durante a atividade.

Crédito: Kailyn Fullerton/Edutopia

2- Contando respirações: A fim de criar uma ferramenta simples para contar respirações, as crianças podem amarrar contas (ou miçangas) em fios coloridos. Costumo pedir-lhes que escolham cinco contas para amarrar em cada fio, e então deslizamos uma delas cada vez que contamos uma respiração. Inspire, expire, deslize. Inspire, expire, deslize.

3- Brincando com a respiração: Há muitas chances de tornar divertido o momento no qual focamos na respiração. Anos atrás, investi em cartões: do Homem-Aranha ao arco-íris, escrevemos sugestões sobre como adicionar movimento e dramatização em um simples exercício. Depois que meus alunos exploram diversas maneiras, ofereço a eles a chance de criar suas próprias técnicas respiratórias.

Como resultado, eles trazem novos cartões que podemos usar juntos na aula. Você também pode encontrar sugestões gratuitas na internet, como neste link do Portal Drauzio Varella, para incluir alguns exercícios para os estudantes.

Outra ótima maneira de brincar com a respiração é trazer bolhas e penas (mas esteja atento aos protocolos de pandemia!). O que acontece quando você sopra bolhas com uma respiração profunda versus uma respiração curta e rápida? Qual é a melhor respiração para manter uma pena no ar? Ou para fazê-la viajar mais longe?

Crédito: Kailyn Fullerton/Edutopia

Leia também:
Técnica de respiração melhora concentração dos alunos

Com técnicas de respiração e exercícios simples, professora ensina yoga para crianças de 3 e 4 anos

Meditação é aliada de escolas para melhorar a atenção e lidar com as emoções



4- Representações artísticas:
Pergunte aos seus alunos: “Como é a respiração?” e convide-os a representar suas ideias com aquarelas, desenhos, colagens. Você ficará surpreso com a riqueza que surge quando as crianças têm tempo para explorar suas ideias com esses materiais. Na minha aula, sempre seguimos com uma conversa reflexiva para que compartilhem sua história de respiração.

Crédito: Kailyn Fullerton/Edutopia

5- Potes de glitter: Divertidos de fazer e mais divertidos ainda para brincar! Quando as crianças agitam o pote de glitter, você consegue conversar sobre a representação de pensamentos e emoções. Enquanto respiram lentamente, elas observam e sentem como o brilho e seus pensamentos se acalmam. Esses frascos são um lembrete visual de como reservar um tempo para se concentrar na respiração nos ajuda a nos sentir mais calmos. Neste link do Portal Lunetas, você aprende o passo a passo para criar um “Pote de Calma”.

6- Sua vez: Essas práticas de respiração consciente não são apenas divertidas, mas também ajudam os estudantes a cultivar os benefícios da atenção plena. Elas serão ainda mais importantes quando seus alunos souberem que são significativas para seus professores. Os mesmos benefícios que a respiração consciente traz para a turma também estão presentes para nós, educadores.

Para estar mais presente, reduzir o estresse e o esgotamento, e sentir mais empatia, tudo começa com a respiração. Procure, também, por aplicativos que possam te apoiar nessa jornada!


Esta é uma versão traduzida e adaptada do texto publicado originalmente por Kailyn Fullerton, no Edutopia.
© Edutopia.org; George Lucas Educational Foundation
Exemplos são do Portal Lunetas e Portal Drauzio Varella


TAGS

educação infantil, meditação, socioemocionais

Cadastre-se para receber notificações
Tipo de notificação
guest
0 Comentários
Comentários dentro do conteúdo
Ver todos comentários
0
É a sua vez de comentar!x
()
x
X