Alunos do fundamental 2 montam podcast para discutir atualidades e temas de sala de aula - PORVIR
Crédito: Colégio Santa Maria

Diário de Inovações

Alunos do fundamental 2 montam podcast para discutir atualidades e temas de sala de aula

Professor conta como podcast virou ferramenta pedagógica para falar sobre astronomia, meio ambiente e cotidiano escolar

por Fernando Henrique Neves Herculiani ilustração relógio 4 de julho de 2018

O projeto do podcast está em seu primeiro ano, mas é importante dizer que essas turmas viveram uma experiência de apresentarem programas de rádio. O projeto realizado no 5º ano de 2017 transmitia programas ao vivo para o intervalo dos colegas do fundamental 1. Eles alternavam as músicas mais pedidas pelas crianças nessa idade com a leitura de notícias variadas sobre esportes, cultura, previsão do tempo, entre outros.

Fui conhecer esse projeto no final do ano passado, e observando a gravação dos programas criei a ideia dos podcasts para essas turmas. No início de março, a proposta foi apresentada como uma continuidade ao desenvolvimento das habilidades do ano anterior. Mostrei como o podcast era uma ferramenta moderna para que eles pudessem se comunicar com mais pessoas do que apenas os colegas do colégio.

Foi proposta uma enquete online com sugestões de nomes que eles trouxeram. Contrariando as expectativas, que eram em torno dos nomes que envolviam o número seis ou six em referência ao sexto ano, os alunos votaram em sua maioria pelo nome “CoolCast – O Podcast do 6º ano”.

Leia mais:
– 9 podcasts de educação para se inspirar
– Já pensou no podcast como recurso educacional? Veja dicas
– 8 recursos de áudio para trabalhar em sala de aula

Os temas dos podcasts (astronomia, meio ambiente, festa junina) estão baseados nos projetos, atividades e produções cotidianas dos alunos. Assim, a partir de eventos que envolvem a série ou o colégio se forma uma pauta que é discutida por um grupo de seis a sete alunos junto com o professor. Esse grupo é a equipe de gravação, que tem como principal tarefa apresentar o programa. Essa equipe é rotativa, mas se baseia na disponibilidade de horário dos alunos, uns são mais frequentes e outros apareceram apenas em um episódio. Há ainda alguns que preferem não participar da gravação, porque não se sentem à vontade, mas acabam aderindo outras equipes porque o projeto é muito querido pelas turmas.

O programa é gravado no NETi (Núcleo de Educação e Tecnologia da Informação) do colégio junto a um técnico de som e o professor que faz as mediações e interferências necessárias nas discussões. Após esse momento, entra em cena a equipe de Edição. Ela é composta por alunos que manifestaram interesse em participar de oficinas de edição oferecidas pelo professor e outros profissionais do NETi.

Crédito: Colégio Santa Maria

As edições são realizadas no colégio e passam pela revisão do professor antes de ser publicada. A publicação ocorre em um blog com link para o streaming. Os episódios possuem uma ilustração que também é feita pelos alunos. No 2º semestre será formada a equipe de Divulgação, que produzirá materiais para a divulgação interna e gestão das redes sociais.

Por ser o ano inicial muitas coisas estão em acerto e adaptação, desde o blog até a densidade e qualidade dos programas. O formato de podcast é muito mais aberto do que o trabalhado na rádio no ano passado, então, nos primeiros episódios, precisei fazer muitas interferências no bate-papo do programa. O interesse e envolvimento tem sido grande, alguns alunos tem se destacado muito e nota-se no último episódio, por exemplo, muita autonomia das crianças no debate.

Até o final do semestre, os oito episódios estarão no ar. Para o segundo, continua a expectativa de dois episódios por mês, o que vai garantir 16 episódios para a primeira temporada. Espera-se que os alunos se envolvam ainda mais no processo e que cheguem ao final do ano podendo gerir todo um programa de forma independente e ajudando na implementação do projeto para os alunos de 2019.

Para conhecer mais do projeto, visite o site CoolCast

Ouça aqui o episódio sobre astronomia:

– Faça como o professor Fernando e envie seu relato para a seção Diário de Inovações
– Baixe o ebook dos professores finalistas do Desafio Diário de Inovações
Participe da segunda edição do Desafio Diário de Inovações


Fernando Henrique Neves Herculiani

Formado em história pela FFLCH-USP e graduando em Pedagogia na FEUSP. Na área acadêmica elaborou projetos e pesquisas na área de cultura e música popular brasileira. Também possui experiência na área de produção de material audiovisual e história oral, nessa área foi pesquisador Fapesp para FGV/Museu do Futebol. Vasta experiência como professor de história nas diversas séries do ensino fundamental e médio nas redes públicas e particulares de São Paulo. Também trabalhou com monitorias em estudo do meio e desenvolvimento de projetos e formações para educadores de fundações, ONGs, órgãos públicos, entre outros. É professor do Colégio Santa Maria, em São Paulo (SP).

TAGS

aprendizagem baseada em projetos, aprendizagem colaborativa, autonomia, competências para o século 21, ensino fundamental, tecnologia

2
Deixe um comentário

avatar
500
2 Comentários ao conteúdo
0 Respostas a comentários
0 Seguidores
 
Comentário com mais reações
Comentário em alta
2 Autores
ariete fernandes moreiraAghata Lima Quem acabou de comentar
  Acompanhar a discussão  
Mais recentes Mais antigos Mais votados
Tipo de notificação
Aghata Lima
Visitante
Aghata Lima

Projeto maravilhoso! Engajamento de alunos, professor e especialistas. Parabéns!!

ariete fernandes moreira
Visitante
ariete fernandes moreira

O projeto está maravilhoso! Parabéns Fernando e alunos!