Desafio Aprendizagem Criativa 2019 tem inscrições abertas - PORVIR
Anna81/Fotolia.com

Inovações em Educação

Desafio Aprendizagem Criativa 2019 tem inscrições abertas

Artistas, pesquisadores, educadores, desenvolvedores de tecnologia, empreendedores e tomadores de decisão podem participar com projetos para tornar a educação brasileira mais criativa, prazerosa e relevante

por Redação ilustração relógio 20 de dezembro de 2018

Quebrar o predomínio da aula tradicional leva tempo, exige planejamento e merece apoio. É esse o objetivo do Desafio Aprendizagem Criativa Brasil, iniciativa de fomento à implementação de soluções inovadoras que ajudem a tornar a educação brasileira mais criativa, prazerosa, relevante, colaborativa e inclusiva para crianças e jovens de todo o país.

Organizado pela Rede Brasileira de Aprendizagem Criativa, e contando com o apoio da Fundação Lemann e do MIT Media Lab, o desafio busca como objetivo identificar, conectar e apoiar indivíduos brasileiros – artistas, pesquisadores, educadores, desenvolvedores de tecnologia, empreendedores e tomadores de decisão – que possam ter um papel-chave no avanço de práticas de Aprendizagem Criativa em escolas públicas (do ensino fundamental ao ensino médio) e ambientes de aprendizagem não formais de todo o Brasil.

Leia mais: Guia Educação Mão na Massa

Alinhado aos valores da Rede Brasileira de Aprendizagem Criativa, o DAC prioriza projetos que desenvolvem o lúdico, a ousadia, a inovação, a curiosidade e a exploração livre, aliados à reflexão e ao prazer de se fazer as coisas sem medo de errar. Os projetos podem abordar novos produtos, serviços, ações educativas, ou formações, com ou sem o uso de tecnologias digitais. Como exemplo, veja aqui as temáticas selecionadas no Desafio de 2017 e no Desafio de 2018.

Os vencedores serão contemplados com a Creative Learning Fellowship, e terão oportunidade de desenvolver seu projeto com o apoio do MIT Media Lab. Na lista de benefícios da premiação, estão:

– Apoio técnico, educacional e logístico para implementar seus projetos durante o período do programa;
– Reuniões de trabalho presenciais no grupo Lifelong Kindergarten (LLK) no MIT Media Lab, em Cambridge, Massachusetts;
– Visita a instituições e programas educacionais referência na região de Boston;
– Troca de experiências com pesquisadores do LLK (e a comunidade do MIT Media Lab) para que o grupo nos EUA tenha a oportunidade de aprender mais sobre os desafios e as oportunidades inerentes à educação brasileira;
– Ingresso em uma comunidade ativa de outros Fellows e adeptos da Aprendizagem Criativa no Brasil e no mundo;
– Uma bolsa de US$ 3 mil (três mil dólares) para serem utilizados nas atividades relacionadas a cada projeto selecionado.

Veja todas as informações na página do MIT Media Lab.

As inscrições estarão abertas até 13 de janeiro e devem ser feitas única e exclusivamente por meio do formulário indicado.

Clique aqui para a chamada completa de projetos.

Clique aqui para um resumo das perguntas no formulário de inscrição.

Clique aqui para respostas às perguntas mais frequentes.

O resultado será divulgado no dia 25 de fevereiro, na página do MIT Media Lab. O trabalho dos selecionados começa em março de 2019.

 


TAGS

aprendizagem baseada em projetos, aprendizagem colaborativa, aprendizagem criativa, competências para o século 21, educação infantil, educação integral, educação mão na massa, ensino fundamental, ensino médio, personalização, tecnologia

Deixe um comentário

avatar
500
  Acompanhar a discussão  
Tipo de notificação