Prêmio Educador Nota 10 abre inscrições para edição 2020 - PORVIR
Crédito: Maxim Stepanov/iStockphoto

Inovações em Educação

Prêmio Educador Nota 10 abre inscrições para edição 2020

Confira dicas da organização para organizar seu relato e concorrer ao tradicional prêmio voltado a profissionais da educação básica

por Redação ilustração relógio 5 de maio de 2020

O Prêmio Educador Nota 10, tradicional prêmio voltado à educação básica brasileira, está com inscrições para sua 23ª edição. Professores e gestores da educação infantil ao ensino médio de escolas públicas e privadas podem submeter seus projetos até as 23h59 (horário de Brasília) do dia 31 de maio.

Em razão da pandemia do novo coronavírus (COVID-19) e seus impactos, nesta edição só  podem ser inscritos projetos desenvolvidos em 2019. Aqueles desenvolvidos em 2020 poderão concorrer na próxima edição do Prêmio (2021).

O prêmio é aberto pessoas físicas, professores e gestores escolares (orientador educacional, orientador pedagógico, coordenador pedagógico e diretor escolar), com mais de 18 anos, com ensino superior completo ou estudantes cursando o último ano das licenciaturas e que atendam aos seguintes critérios:

– Ter concluído a graduação em Pedagogia, se for professor de educação infantil e anos iniciais do ensino fundamental (do 1° ao 5° ano) incluindo EJA (Educação de Jovens e Adultos). No caso de exercer a função e não ter concluído o curso, é necessário ter comprovação da autorização da Secretaria Estadual ou Municipal de Educação.

– Ter concluído graduação em um dos componentes curriculares listados no item 3.1 do Regulamento, na modalidade licenciatura, no caso de professores dos anos finais do ensino fundamental (do 6° ao 9° ano) e do ensino médio, incluindo EJA (Educação de Jovens e Adultos).

– Ter desenvolvido o trabalho como professor das disciplinas curriculares ou de projetos, sendo titular ou substituto.

– Ministrar aulas na educação básica, nas disciplinas curriculares, complementares ou no atendimento educacional especializado em escolas públicas, privadas, filantrópicas de acesso público, rurais ou urbanas.

Dicas da organização:

Projeto

– Não é preciso pensar em um projeto mirabolante! Atividades que comprovadamente impactaram a aprendizagem são mais valorizadas.
– Documente tudo! Vale tirar fotos, fazer vídeos, guardar registros dos alunos, etc.

Relato

– Deixe claro o que o diagnóstico inicial mostrou como necessidade de aprendizagem.
– Aponte os conteúdos trabalhados, os objetivos e as estratégias

Inscrição

Leia o regulamento com atenção.
– Preencha com cuidado os campos da plataforma de inscrição, disponível no site do Prêmio.

Premiação

Categoria 50 Finalistas: 01 Assinatura digital de Nova Escola, com vigência de janeiro a dezembro/2021;
Certificado de finalista.

Categoria 10 Vencedores: 01 vale-presente no valor de R$ 15 mil para cada um dos 10 vencedores;01 vale-presente no valor de R$ 1 mil para a escola em que foi desenvolvido o projeto; 01 Assinatura digital de Nova Escola, com vigência de janeiro a dezembro/2021;
Certificado de vencedor.

Categoria Educador do ano: 01 vale-presente no valor de R$ 15 mil como um dos 10 vencedores; Mais 01 vale-presente no valor de R$ 15 mil como Educador do Ano; 01 vale-presente no valor de R$ 1 mil para a escola em que foi desenvolvido o projeto, como um dos 10 vencedores; Mais 01 vale-presente no valor de R$ 5 mil para a escola em que foi aplicado o projeto, como escola do Educador do Ano; 01 Assinatura digital de Nova Escola, com vigência de janeiro a dezembro/2021; Certificado de Educador do Ano.

Os 10 vencedores também ganharão uma viagem para São Paulo e, além de participar da cerimônia, vão poder vivenciar uma imersão de uma semana com atividades exclusivas, promovidas por todos os organizadores do Prêmio: Abril, Globo, Fundação Victor Civita, Fundação Roberto Marinho, Nova Escola, Instituto Rodrigo Mendes, UNICEF, Fundação Lemann e SOMOS Educação.

Histórico

Ao longo das últimas 22 edições foram premiados 241 educadores, entre professores e gestores escolares, que receberam aproximadamente R$ 2,6 milhões.

Conheça os três últimos vencedores:

– 2019: Coordenadora é eleita Educadora do Ano com projeto de protagonismo e gestão democrática
2018: Professor do RJ é eleito Educador do Ano com projeto de inclusão social
– 2017: Professora de escola indígena é eleita Educadora do Ano


TAGS

educação infantil, ensino fundamental, ensino médio, prêmios

Deixe um comentário

avatar
500
  Acompanhar a discussão  
Tipo de notificação