Fundador da High Tech High conquista o Prêmio WISE de 2019 - PORVIR
Crédito: Qatar Foundat

Inovações em Educação

Fundador da High Tech High conquista o Prêmio WISE de 2019

Rede de escolas nos Estados Unidos é reconhecida internacionalmente pela aplicação da metodologia de projetos

por Vinícius de Oliveira ilustração relógio 25 de novembro de 2019

Larry Rosenstock, presidente-executivo e fundador da High Tech High, uma rede de escolas públicas com administração privada nos Estados Unidos, é o vencedor do Prêmio WISE de 2019. A High Tech High se destaca por oferecer uma educação inovadora baseada em projetos desenhados a partir do interesse dos alunos. O prêmio foi entregue no último dia 20, durante o WISE Global Summit, evento realizado em Doha, no Catar, que contou com a participação de representantes de 100 países. O anúncio foi feito pela xeque Mozah bint Nasser al-Missned.

Rosenstock é reconhecido por sua dedicação em repensar o modelo de ensino e combater a desigualdade por meio da educação. Ele é um entusiasta do conceito de educação baseada em projetos – a ideia de que os alunos podem e devem aprender habilidades acadêmicas por meio de projetos práticos que integram várias disciplinas, envolvem seus interesses e têm um propósito real. Nesta perspectiva educacional, o papel dos professores é reimaginado como “designer” que adapta o currículo e o contexto de sala de aula de acordo com as necessidades específicas de cada aluno.

O compromisso de elevar o nível educacional de jovens desfavorecidos é a missão de vida de Rosenstock. Nos anos 1960, quando estava no início de sua carreira, Rosenstock obteve uma formação em direito, mas optou por ensinar carpintaria para estudantes do ensino médio em Boston. Por meio dessa experiência, ele reconheceu o valor da educação profissionalizante e as habilidades desses estudantes que não chegaram a ter oportunidades acadêmicas iguais. Isso o levou a seguir uma carreira dedicada à integração dos alunos que foram historicamente excluídos e enquadrados em duas categorias à parte, geralmente baseadas em raça e classe.

Larry Rosenstock com estudantes da High Tech HighCrédito: Divulgação

Larry Rosenstock com estudantes da High Tech High

Ao longo de sua carreira, Rosenstock incentivou o desenvolvimento de uma cultura empreendedora entre seus alunos. Ele trabalhou como educador por 11 anos e também usou sua experiência jurídica para criar um projeto de lei para ampliar o financiamento da educação profissional e exigir sua maior integração com as disciplinas acadêmicas.

Fundada em 2000, a High Tech High é internacionalmente reconhecida por oferecer uma educação voltada para o mundo real. O que começou como uma pequena escola pública, a HTH evoluiu para uma rede de 16 instituições, que atendem 5.780 alunos. Em 2008, Rosenstock fundou a HTH Graduate School of Education, uma escola de formação que oferece anualmente curso de mestrado para mais de 5.000 professores e gestores escolares.

Em 2017, o Porvir conheceu essa experiência de perto na unidade de Chula Vista, em San Diego, na Califórnia, durante a produção episódio da série “Destino: Educação – Escolas Inovadoras”, realizada pelo canal Futura. Conheça abaixo como acontecem as reuniões de professores, as atividades de campo e a interação dos alunos do ensino fundamental e do ensino médio com a comunidade.

Conheça os vencedores das edições anteriores:
– 2017: Fundador de universidade em Gana vence o Prêmio WISE
– 2015: Afegã que criou escolas secretas para meninas vence Prêmio WISE

 

WISE Awards – Projetos inovadores

Além do prêmio para educadores, o WISE também reconheceu seis projetos inovadores que abordam desafios mundiais. O Programa Criança Feliz, do governo federal, foi um dos contemplados por oferecer assistência a gestantes e crianças com menos de três anos que são beneficiárias do Bolsa Família. Conheça cada um dos projetos:

Empresa familiar para a educação (Reino Unido/Serra Leoa, Nordeste da Nigéria e Libéria): apoia as famílias de baixa renda com pacotes de ajuda para financiar a educação das crianças, incluindo ajuda financeira, capacitação empresarial, planificação de apoio, tutoria e acesso a mecanismos de poupança e empréstimos incentivados. Desde 2009, o projeto chegou a mais de 15.000 famílias.

Escolas do Mundo Unido: Teaching the Unreached (Reino Unido/Camboja, Nepal e Myanmar): desenvolve escolas comunitárias em aldeias remotas, que facilitam o acesso à educação e envolvem as comunidades locais, por meio do recrutamento e capacitação de professores locais. Como resultado, mais de 25.000 crianças tiveram a oportunidade de frequentar a escola pela primeira vez.

Micro: bit Educational Foundation (Reino Unido/Global): um dispositivo alcançável e acessível para ajudar crianças e estudantes de todo o mundo a aprender a conceber, criar, codificar e programar. Com o apoio da BBC (membro fundador), a Micro:bit trabalha com parceiros ao redor do mundo para proporcionar acesso à tecnologia, que produz um impacto real na vida de meninas e nos grupos pouco representados.

Criança Feliz (Brasil): um dos programas de visitas domiciliárias maior do mundo para o desenvolvimento da primeira infância, lançado pelo Ministério da Cidadania do Brasil. A intenção é chegar a todas as mulheres grávidas e crianças pequenas mais vulneráveis do país, oferecendo uma rede de serviços de proteção e atenção. Desde 2016, o programa capacitou 20.000 visitantes domiciliários e 3.000 supervisores para chegar a quase 500.000 crianças e mulheres grávidas.

Programa de educação sobre segurança pessoal de Arpan (Índia): A maior ONG que aborda o abuso sexual infantil no país e oferece serviços de prevenção e intervenção a crianças e adultos. A Arpan planeja trabalhar com 90.000 crianças e 30.000 adultos nos próximos três anos.

Instituto Akilah (EUA/Ruanda): uma universidade feminina de Ruanda que oferece educação de alta qualidade e relevante para o mercado. O modelo de Akilah aproveita a tecnologia, a educação baseada em competências e o aprendizado personalizado.


TAGS

aprendizagem baseada em projetos, educação infantil, educação mão na massa, personalização, prêmios, tecnologia

Deixe um comentário

avatar
500
  Acompanhar a discussão  
Tipo de notificação